Compreendendo as motivações dos consumidores para a aquisição de alimentos locais: uma análise bibliométrica

Autores

  • Simone Bueno Câmara Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
  • Tanice Andreatta Professora no Programa de Pós-Graduação em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria.
  • Mônica Rodrigues Amorin Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões.
  • Fabiana Riqueli Eichelberger Silveira Universidade de Santa Maria (UFSM).

Palavras-chave:

Consumo; motivações; comida local; sustentabilidade.

Resumo

O objetivo deste trabalho consistiu em compreender as motivações dos consumidores para aquisição de alimentos produzidos localmente, por intermédio da bibliometria. Para a seleção dos documentos foi utilizada a base de dados Scopus, com delimitação temporal de 2010-2020 e a combinação das palavras-chaves: “Local and food and perception’’ or ‘‘Consumption and of and local and foods’’ or ‘‘Alternative and food and network’’ and ‘‘Consumers’’ and ‘‘Perceptions’’. Foram obtidos 91 documentos. Neste contexto, observa-se um crescente número de documentos publicados a partir do ano de 2015, os países de maior concentração de estudos foram os EUA e a Itália e Sustainability é o periódico mais destacado. Após a aplicação do Methodi InOrdinatio, os dez artigos mais bem ranqueados foram submetidos a uma análise de conteúdo, estratificados em três dimensões de análise associadas às motivações para o consumo de alimentos locais. De um modo geral os consumidores são norteados por motivações associadas à produção, distribuição e consumo sustentável; fatores intrínsecos atrelados ao consumo como sabor, qualidade e confiança; fatores relacionados às tradições e características territoriais.  Em larga medida, essas motivações estão interligadas e fomentam o consumo de alimentos locais.

Biografia do Autor

Simone Bueno Câmara, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Extensão Rural (UFSM). 

Tanice Andreatta, Professora no Programa de Pós-Graduação em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria.

Doutorado em Desenvolvimento Rural (UFRGS).

Mônica Rodrigues Amorin, Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões.

Economista (UFSM). 

Fabiana Riqueli Eichelberger Silveira, Universidade de Santa Maria (UFSM).

Graduanda em Ciências Econômicas (UFSM), campus Palmeira das Missões. Email: 

Referências

ARAÚJO, C. A. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, v. 12, n. 1, p. 11-32, 2006.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p.

BRUNORI, G. “Local food and alternative food networks: a communication perspective”. Anthropology of Food, S2, March. 2007. Disponível em: <http://aof.revues.org/430>. Acesso em 10 de janeiro de 2020.

CASSOL, A.; SCHNEIDER, S. Produção e Consumo de Alimentos: novas redes e atores. Lua Nova (online), n95, p. 143-177, 2010.

CVIJANOVIĆ, D. et al. Do Local Food Products Contribute to Sustainable Economic Development?. Sustainability, v. 12, n. 7, p. 2847, 2020.

DOS ANJOS, F. S.; CALDAS, N. V. A dinâmica dos canais curtos de comercialização: o caso do Projeto Campagna Amica na Itália. Sociedade e Estado, 32(3), 771-789. 2017.

DUARTE, S. C. L.; THOMÉ, K. M. Cadeia alimentar curta: estado da arte na academia brasileira. Estud. Soc. e Agric., v. 23, n. 2, p. 315-340, 2015.

ELSEVIER. Scopus. Amsterdam. Material publicitário. 2021.

FRANZONI, G. B.; SILVA, T. N. da. Inovação Social e Tecnologia Social: o caso da Cadeia Curta de Agricultores Familiares e a Alimentação Escolar em Porto Alegre/RS. Desenvolvimento em Questão, v. 14, n. 37, p. 353, 2016.

FRICZ, A. S. et al. Consumer perception of local food products in Hungary. British Food Journal, V. 122. Ed. 09. 2020.

GAITÁN, J. A.; PERAL, B. P.; ARROYO, J. R. Local fresh food products and plant-based diets: An analysis of the relation between them. Sustainability, v. 12, n. 12, p. 5082, 2020.

GRACIA, A.; GÓMEZ, M. I. Food sustainability and waste reduction in Spain: consumer preferences for local, suboptimal, and/or unwashed fresh food products. Sustainability, v. 12, n. 10, p. 4148, 2020.

GRAZIANO DA SILVA, J. F. Nova dinâmica da agricultura brasileira. Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, 1996.

GREBITUS, C.; LUSK, J. L.; NAYGA JR, R. M. Effect of distance of transportation on willingness to pay for food. Ecological economics, v. 88, p. 67-75, 2013.

JCR. INCITES JOURNAL CITATION REPORTS – JCR. CAPES. Disponível em: <http://jcr-incitesthomsonreuters.ez47.periodicos.capes.gov.br/JCRJournalHomeAction.action>

Acesso em: Fev, 2021.

KURTSAL, Y.; VIAGGI, D. Exploring Collaboration and Consumer Behavior in Food Community Networks and Constraints Preventing Active Participation: The Case of Turkey. Sustainability, v. 12, n. 8, p. 3292, 2020.

LANG, M.; LEMMERER, A. How and why restaurant patrons value locally sourced foods and ingredients. International Journal of Hospitality Management, v. 77, p. 76-88, 2019.

PACHOUD, C.; COY, M. Relações de proximidade entre atores locais e as dinâmicas de desenvolvimento territorial: análise da cadeia produtiva do queijo artesanal serrano nos campos de cima da serra/rs. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, v. 14, n. 2, 2018.

PAGANI, R. N.; KOVALESKI, J. L.; RESENDE, L. M. Methodi Ordinatio: a proposed methodology to select and rank relevant scientific papers encompassing the impact factor, number of citation, and year of publication. Scientometrics, v. 105, n. 3, p. 2109-2135, 2015.

PLOEG, J.D. V. D. Peasants and Food Empires: Struggles for Autonomy and Sustainability in the Age of Globalization. Porto Alegre (RS): Editora da UFGRS, 2008.

POLENZANI, B.; RIGANELLI, C.; MARCHINI, A. Sustainability Perception of Local Extra Virgin Olive Oil and Consumers’ Attitude: A New Italian Perspective. Sustainability, v. 12, n. 3, p. 920, 2020.

POPKIN, B. M. Políticas agrícolas, alimentação e saúde pública. EMBO Review, n. 12, pp. 11-18, 2014.

PREIS, P.; SCHNEIDER, S. Sistemas Alimentares no Século XXI: uma introdução ao debate. IN: PREIS, P.; SCHNEIDER, S. (Org). Sistemas alimentares no século 21: debates contemporâneos. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2020. 360 p.

PRICE, D. J. de S. O desenvolvimento da ciência: análise histórica, filosófica, sociológica e econômica. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1976.

RAYNOLDS, L. T. Consumer/producer links in fair trade coffee networks. Sociologia ruralis, v. 42, n. 4, p. 404-424, 2017.

RENTING, H.; MARSDEN, T.; BANKS, J.Understanding alternative food networks: exploring the role of short food supply chains in rural development. Environment and Planning. v.35, p.393-410, 2003.

SONNINO, R.; MARSDEN, T. Beyond the divide: rethinking relationships between alternative and conventional food networks in Europe. Journal of economic geography, v. 6, n. 2, p. 181-199, 2006.

SOUZA, A. B. de; FORNAZIER, A.; DELGROSSI, M. E. Sistemas agroalimentares locais: possibilidades de novas conexões de mercados para a agricultura familiar. Ambiente & Sociedade, v. 23, 2020.

VAPA-TANKOSIĆ, J. et al. Analysis of Consumers’ Willingness to Pay for Organic and Local Honey in Serbia. Sustainability, v. 12, n. 11, p. 4686, 2020.

VITTERSO, G. et al. Short food supply chains and their contributions to sustainability: Participants’ views and perceptions from 12 European cases. Sustainability, v. 11, n. 17, p. 4800, 2019.

WILKINSON, J. Mercados, redes e valores: o novo mundo da agricultura familiar. UFRGS, 2008.

Downloads

Publicado

2022-03-15