Desenvolvimento regional, interações espaciais e os loteamentos fechados em Dourados-MS

Autores

Palavras-chave:

Rede urbana; Dourados; Condomínios fechados; Cidade média; Estado.

Resumo

A cidade de Dourados-MS possui não só aspectos de uma cidade média, mas também, de uma capital regional formada a partir de diversos processos migratórios, incentivados pelo Estado, no intuito de descentralizar a economia e adensamento populacional que se tinha no país. Entretanto, tal centralidade foi se alterando, diante dos movimentos urbanos. Com vistas aos recentes investimentos que houve no setor urbano da cidade, mais especificamente por meio da implantação de loteamentos fechados (ou “condomínios fechados”), busca-se compreender de que maneira esses empreendimentos podem ter alterado os fluxos na rede urbana de Dourados. Com esse intuito, foi realizada uma pesquisa de cunho bibliográfico, mediante a qual identificou-se que a maior parte das empresas responsáveis pela incorporação dos loteamentos fechados tem como cidade sede outros municípios e até mesmo outros Estados, ampliando assim a rede de bens e serviços que a cidade possui, uma vez que essa passa a receber investimentos de fora do município, conformando um novo fluxo de pessoas e serviços. Identificou-se também que esses movimentos e investimentos, advindos externamente, foram possibilitados devido ao incentivo do Estado para que empresas de grande porte, com capital financeiro e estrutura consolidada em outros locais pudessem investir no município de Dourados, evidenciando o papel que políticas de desenvolvimento exercem no desenvolvimento social e econômico de uma região.

Biografia do Autor

Mariana Alves Kirchner, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS). 

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UE

Paulo Fernando Jurado da Silva, Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS).

Doutorado em Geografia (FCT/UNESP). Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Sistemas Produtivos da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS).   

Referências

AMORIM F. O.; SERRA, R. V. Evolução e perspectivas do papel das cidades médias no planejamento urbano e regional. In: ANDRADE, T.A. & SERRA, R.V. Cidades Médias Brasileiras. Rio de Janeiro: IPEA, 2001.

AZEVEDO, N. G. Economic benefits provided to urban properties by natural landscapes. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente, Cultura e Desenvolvimento), Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, Rio Grande de Norte, Brasil. 2014.

BARBOSA, Denio Dutra; PIMENTA, Carlos Souza. Loteamento fechado. Revista do Curso de Direito do UNIFOR, v. 1, n. 1, p. 26-39, 2010.

BENKO, G. Economia Urbana e Regional na Virada do Século. In: RIBEIRO, MTF., and MILANI, CRS., orgs. Compreendendo a complexidade socioespacial contemporânea: o território como categoria de diálogo interdisciplinar [online]. Salvador: EDUFBA, 312 p. 2009.

BRANDÃO, Carlos A. Territorios & desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local e o global. Campinas, SP: UNICAMP, 2007.

CALDEIRA, T. P. do R. Cidade de Muros, Edusp, São Paulo, 2011.

CALIXTO, M. J. M. S. O processo de consolidação da centralidade regional de Dourados-MS na rede urbana: uma contribuição para a análise de uma cidade média. Geousp – Espaço e Tempo (Online), v. 23, n. 3, p. 582-601, dez. 2019

CAMPOS, B. F. Fundamentos e dinâmicas da produção espacial: aspectos da ampliação do perímetro urbano de Dourados/MS em 2011. Dissertação (Mestrado em Geografia), Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, Mato Grosso do Sul, Brasil. 2014.

CHRISTALLER, Walter. Die zentralen Örte in Süddeutschland: eine ökonomischgeographische Untersuchung über die Gesetzmässigkeit der Verbreitung und Entwiclung der Siedlungen mit stadischen Funktiionnen. Jena: Gustav Fischer Verlag, 1933.

CORRÊA, Roberto Lobato. A rede urbana. 1994.

AMORIM FILHO, Oswaldo; SERRA, Rodrigo Valente. Evolução e perspectivas do papel das cidades médias no planejamento urbano e regional. 2001.

DALLABRIDA, V. R Teorias do desenvolvimento: aproximações teóricas que tentam explicar as possibilidades e desafios quanto ao desenvolvimento de lugares, regiões, territórios ou países. / Valdir Roque Dallabrida. – Curitiba: CRV. 238p. 2017

DROUIN, Jean-Claude. Os grandes economistas. São Paulo: Martins, 2008.

HARVEY, David. Espacios de esperanza. Madrid: AKAL, 2003.

HIRSCHMAN, Albert O. Estratégia do desenvolvimento econômico. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1961 (Edição original: 1958).

HESPANHOL, Antonio Nivaldo. A atuação do Estado no processo de desenvolvimento brasileiro. In: FCT. 1999. p. 21-41.

IANNI, Octávio. Estado e planejamento econômico no Brasil. Rio de Janeiro: Editora

Civilização Brasileira S.A, 1971.

ISARD, Walter. Location and space economy: a general theory relation to industrial location, market areas, land use trade and urban structure. Cambridge: MIT Press, 1956.

KRUGMAN, Paul. Geografía y comercio. Barcelona: Antoni Bosch Editor, 1992. OLIVEIRA, Francisco de. As contradições do ão: globalização, nação, região, metropolização. Brasília, DF: MIN, 2006.

LÖSCH, Auguste. The economics of location. New Haven: Yale University Press, 1954 (Edição original: 1940).

MALTHUS, Thomas Robert; WINCH, Donald; JAMES, Patricia. Malthus:'An Essay on the Principle of Population'. Cambridge university press, 1992.

MYRDAL, Gunnar. Teoria econômica e regiões subdesenvolvidas. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1960 (Biblioteca Universitária) (Edição original: 1957).

MORETTI, Edvaldo Cesar; CAMPOS, Bruno Ferreira. Fundamentos e Dinâmicas da Produção do Espaço no Processo de Ampliação do Perímetro Urbano de Dourados–MS (2011-2014). Geo UERJ, n. 28, p. 430-449, 2016.

NUNES, Orlando Vinicius Rangel. O Programa Cidades de Porte Médio: Planejamento e Política Urbano-Regional no Brasil (1976-1986). 2020. 442 f., il. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.

OLIVEIRA, H. C. M. de; SOARES, Beatriz Ribeiro. Cidade média: apontamentos metodológicos e tipologia. Caminhos de Geografia, Uberlândia, v.15, n.52, p.119- 133, set.-dez. 2014.

OTERO, E. V. Reestruturação urbana em cidades médias paulistas: a cidade como negócio - São Paulo, 342p.Tese (Doutorado - Área de Concentração: Planejamento Urbano e Regional). 2016

PERROUX, François. O conceito de Pólo de Desenvolvimento. In: SCHWARTZMAN, J. (Org.). Economia Regional: textos escolhidos. Belo Horizonte: CEDEPLAR, 1977. p. 145-156 (Edição original: Note sur la notion de póle de croissance, 1955).

PORTER, Michael. The competitive advantage of nations. Londres: MacMillan,1990.

RICARDO, David. Los Economistas. Editorial Futuro, 1947.

SANTOS, Milton. A cidade nos países subdesenvolvidos. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira, 1965.

DA SILVA, M. C. T. Dourados-MS: Expansão urbana extensiva e impactos socioambientais. In: DA SILVA. W. G. ; SILVA. P. F. J. Mato Grosso do Sul no início do século XXI: Integração e desenvolvimento urbano-regional. Volume 2. Campo Grande, MS. Life Editora, 2017.

SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. Editora Companhia das letras, 2018.

SILVA, Walter Guedes da. O processo de integração produtiva da Região de Dourados à economia nacional. 2011. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

SILVA, Valéria Ferreira da et al. Os Papéis de Dourados-MS no contexto regional: apontamentos para análise de uma cidade média. 2010.

SMITH, Adam. A riqueza das nações. São Paulo: Abril, 1982

SMITH, Neil. Desenvolvimento desigual: natureza, capital ea produção de espaço. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988.

SANTOS, Milton. A urbanização brasileira. Edusp, 2013.

SOUZA, Uéverton Oliveira de et al. Áreas ociosas dentro do perímetro urbano de Dourados-MS: reflexão sobre a expansão de área urbana. 2014.

SPOSITO, M. E. B. Loteamentos fechados em cidades médias paulistas –

Brasil. In. SPOSITO, E. S., SPOSITO, M. E. B. & SORBAZO, O. (Orgs.). Cidades médias: produção do espaço urbano e regional. São Paulo: Expressão Popular. 2006

SPOSITO, M. E. B. (2010). Desafios para o estudo das cidades médias In. Seminário internacional de larediberoamericana de investigadores sobre globalización y território, 11, Mendoza: UNCUYO - Universidad de Cuyo, p. 01-18. 2010

SPOSITO, MEB; GÓES, E. M. Espaços fechados e cidades: insegurança urbana e fragmentação socioespacial. São Paulo: Editora Unesp, 2013.

STEINBERGER, M.; BRUNA, G. C. Cidades medias: elos do urbano-regional e do público- privado. In: ANDRADE, T.A. & SERRA, R.V. Cidades Medias Brasileiras. Rio de Janeiro: IPEA, 2001.

THÜNEN, Johann Heinrich. The isolated State. New York: Pergamon Press, 1966 (Edição original: 1826).

VÁZQUEZ BARQUERO, Antonio. Desarrollo local. Una estrategia de creación de empleo. Madrid, Ed.Pirâmide, 1988.

WEBER, Alfred. Theory of location of industries. 2nd ed. Chicago: University of Chicago Press, 1957 (Edição original: 1909).

WHITACKER, A. M. Reestruturação urbana e centralidade em São José do Rio Preto/SP. 243f. Tese (Doutorado em Geografia). Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2003.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Edição

Seção

Artigos