Formação de preços do milho em São Paulo e suas conexões com o mercado interno e internacional

Autores

  • Eluane Parizotto Seidler Professora na Universidade de Santa Maria (UFSM).
  • Nilson Luiz Costa Professor do Programa de Pós-Graduação em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Mariza de Almeida Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP).
  • Daniel Arruda Coronel Professor no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Antônio Cordeiro de Santana Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Palavras-chave:

Oferta e demanda por milho. Formação de preço do Milho. Transmissão de preços.

Resumo

O objetivo do artigo foi entender o processo de formação do preço do milho no mercado de São Paulo/SP. Utilizou-se o modelo de regressão múltipla e a estimação a partir dos Mínimos Quadrados Ordinários (MQO). Os dados são provenientes de uma série temporal diária que inicia no primeiro dia útil do ano de 2018 e se estende até o dia 20 de abril de 2020. Entre os principais resultados, destaca-se o crescimento sustentado da produção, consumo, importações e exportações globais e nacionais do milho. O mercado de milho de São Paulo/SP está integrado com o de Sorriso/MT e do Paraguai, no contexto da conjuntura de valorização e desvalorização do real em relação ao dólar americano.

Biografia do Autor

Eluane Parizotto Seidler, Professora na Universidade de Santa Maria (UFSM).

Mestrado em Agronegócios (UFSM). 

Nilson Luiz Costa, Professor do Programa de Pós-Graduação em Agronegócios da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Doutorado em Ciências Agrárias (UFRA).  

Mariza de Almeida, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP).

Doutoranda em Economia Aplicada na ESALQ/USP. 

Daniel Arruda Coronel, Professor no Programa de Pós-Graduação em Economia e Desenvolvimento, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Doutorado em Economia Aplicada (UFV). 

Antônio Cordeiro de Santana, Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA).

Doutorado em Economia Aplicada (UFV).

Referências

ABIMILHO. Associação Brasileira das Indústrias do Milho. Estatísticas. 2020. Disponível em: <http://www.abimilho.com.br/estatisticas>. Acesso em: 27 abr 2020.

ALVES, L. R. A; BARROS, G. S. C. Referenciais do mercado e formação do preço do milho no Brasil. Visão Agrícola. n. 13, USP/ESALQ: 2015. Disponível em: <http://www.esalq.usp.br/visaoagricola/sites/default/files/Esalq-VA13-Milho.pdf>. Acesso em: 11 mai. 2018.

ARBAGE, A.P. Fundamentos de Economia Rural. Chapecó: Argos, 2006.

BALCOMBE, K.; A. BAILEY; J. BROOKS. Threshold effects in price transmission: the case of Brazilian wheat, maize, and soya prices. American Journal of Agricultural Economics, v. 89, n. 2, 2007. doi: 10.1111/j.1467-8276.2007.01013.x.

BECKMANN, E; SANTANA, A. C. A formação do preço das commodities arroz, milho e soja no Brasil In: Administração Rural. 1 ed. Belo Horizonte: Poisson, 2018, v.1, p. 166-179.

BECKMANN, E; SANTANA, A. C. Modernização da agricultura na nova fronteira agrícola do brasil: mapitoba e sudeste do Pará. RAMA - Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, v.12, p.81 - 102, 2019.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Cadeia produtiva

do milho. Brasília: IICA/MAPA/SPA, 2007. Disponível em: <http://repiica.iica.int/docs/B0592p/B0592p.pdf>. Acesso em: 24 abr. 2018.

BUENO, R. L. S. Econometria de Séries Temporais. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

CALDARELLI, C. E.; M. R. P, BACCHI. Fatores de influência no preço do milho no Brasil. Nova

Economia, Belo Horizonte, 22 (1), p. 141-164, 2012. doi 10.1590/S0103-63512012000100005.

CHIODI, L. Integração espacial no mercado brasileiro de milho. Dissertação

(Mestrado em Economia Aplicada) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”,

Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-13112006-082158/pt-br.php>. Acesso em: 11 mai. 2018.

COSTA JUNIOR, G. et al. Elasticidades de transmissão espacial de preço do milho no Brasil: um estudo para o Mato Grosso. Economia & Região, Londrina (PR), v.4, n.1, p.63-83, 2016. doi 10.5433/2317-627X.2016v4n1p63.

COSTA, N. L.; SANTANA, A. C. Análise do Mercado da Soja: Aspectos Conjunturais da Formação do Preço Pago ao Produtor Brasileiro. Revista plantio direto, v. 28, p. 20-39, 2018.

FAVRO, J.; CALDARELLI, C. E.; CAMARA, M. R. G. Modelo de Análise da Oferta de Exportação de Milho Brasileira: 2001 a 2012. Revista de Economia e Sociologia Rural, v.53 n.3 Brasília, 2015. doi 10.1590/1234-56781806-9479005303005.

GALVÃO, J. C. C. et al. Sete décadas de evolução do sistema produtivo da cultura do milho. Revista Ceres, Viçosa, v. 61, Suplemento, p. 819-828, 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rceres/v61s0/07.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2018. DOI: 10.1590/0034-737X201461000007

GARCIA, J. C. et al. Aspectos econômicos da produção e utilização do milho. Circular Técnica 74, Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2006. Disponível em: <https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/474206/1/Circ74.pdf>. Acesso em: 11 mai. 2018.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola Municipal. 2020. Disponível em < https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/pam/tabelas>. Acesso em: 22 abr 2020.

GREENE, W. H. Econometric analysis. 6ª ed. Estados Unidos: Person Prentice Hall. 2008.

MATOS, M. A.; NINAUT, E. S.; CAIADO, R. C. A influência do câmbio na formação de preços do agronegócio. Revista de Política Agrícola, v. 17, n. 4, p. 6-13, 2008.

MDIC. Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Comex Stat. 2019. Disponível em: <http://comexstat.mdic.gov.br/pt/geral>. Acesso em: 28 fev. 2019.

NETO, W. A. da S.; PARRÉ, J. L. Assimetria na Transmissão de Preços: Evidências Empíricas. Revista Econômica do Nordeste, v. 43, n. 1, 2012.

SANCHES, A. L. R. Contrato Futuro de base de preços de milho no Brasil: evidências empíricas de transmissão assimétrica entre as regiões. In: _____. Mudanças estruturais no mercado brasileiro de milho: Impactos na oferta, avaliação do armazenamento sob condições de incerteza e assimetria de transmissão de preços. 2018, 118p. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Piracicaba, 2018.

SANTANA, A. C. Métodos quantitativos em economia: elementos e aplicações. Belém: UFRA, 2003.

USDA. United States Department of Agriculture. World Agricultural Supply

and Demand Estimates. WASDE: february, 2020. Disponível em: <https://www.usda.gov/oce/commodity/wasde/wasde0219.pdf>. Acesso em: 25 fev. 2019.

WESTERICH FILHO, V. A. Transmissão de preços no mercado de milho brasileiro: um estudo das regiões Sul e Sudeste. 2014, 123p. Dissertação (Mestado em Agronegócios) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

WOOLDRIDGE, J. M. Introdução à econometria: uma abordagem moderna. 4. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2010. 701 p.

Downloads

Publicado

2022-04-04

Edição

Seção

Artigos