Implicações teórico-metodológicas da acepção de território, governança e patrimônio territorial, no processo de planejamento e gestão de prospectivas de desenvolvimento inovadoras

Autores

Palavras-chave:

Território; Governança Territorial; Patrimônio Territorial; Desenvolvimento Territorial.

Resumo

Este texto, na forma de ensaio teórico-metodológico, propõe-se evidenciar as implicações teórico-metodológicas da acepção de território, governança e patrimônio territorial, no processo de planejamento e gestão de prospectivas de desenvolvimento, nos territórios, regiões ou municípios. Para tal, retomam-se publicações recentes, revisando os principais aportes e acrescendo novas contribuições.

Biografia do Autor

Valdir Roque Dallabrida, Professor do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial Sustentável da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Doutorado em Desenvolvimento Regional (UNISC). 

Referências

BEVIR, M. Governança Democrática: uma Genealogia. Rev. Sociol. Polít., Curitiba, v. 19, n. 39, p. 103-114, jun. 2011.

BLANCO, I.; COMÀ, R. La crisis del modelo de gobierno tradicional. Reflexiones en torno de la governance participativa y de proximidad. Gestión y Política Pública, primer semestre, México, v. 12, n. 01, p. 5-42, 2003.

BRENNER, N. New State Spaces. Urban Governance and the rescaling of statehood. Oxford: Oxford University Press, 2004.

BRUGUÉ, Q.; GUMÀ, R.; SUBIRATS, J. Gobernar ciudades y territorios en la sociedad de las redes. Revista del CLAD. Reforma y Democracia, Caracas, n. 32, Jun. 2005.

CALDERÓN, B. C.; GARCÍA CUESTA, J. L. Sources and forms of territorial heritage. International Journal of Humanities and Cultural Studies, v. 3, Issue 1, p. 2141-2157, June 2016.

COVAS, A. M. A.; COVAS, M. M. C. M. A inteligência dos territórios: os terroirs como espaços de inovação colaborativa. IGepec, Toledo, v. 23, Ed. Esp., pp. 40-54, 2019.

COVAS, A. M. A.; COVAS, M. M. C. M.; DALLABRIDA, V. R. Os signos distintivos territoriais e a smartificação do território. Uma abordagem exploratória. Biblio3W - Revista Bibliográfica de Geografía y Ciencias Sociales, v. XXIV, n. 1.268, 20 de abril de 2019.

COULERT, C.; PECQUEUR, B. Disctricts industriels, systemes productifs, localisés et développement. Actes du Colloque Nouveaux Dynamismes Industriels et Economie du Développement. Grenoble: IREP, 1994.

DALLABRIDA, V. R. Significar Territórios como Estratégia de Diferenciação: Aportes Teóricos e Metodológicos. Caderno de Geografia, v.30, n.60, pp. 196-213, 2020a.

DALLABRIDA, V. R. Da Cidade Inteligente, ao Território Inovador, rumo à Inteligência Territorial: aproximações teóricas e prospecções sobre o tema. Desenvolvimento em Questão, v. 18, n. 52, out./dez./202b.

DALLABRIDA, V. R. Planejamento e Gestão Territorial: aportes teórico-metodológicos como referenciais no processo de desenvolvimento de municípios, regiões ou territórios. Mafra (SC): Editora UnC, 2020c.

DALLABRIDA, V. R. Território e Governança Territorial, Patrimônio e Desenvolvimento Territorial: estrutura, processo, forma e função na dinâmica territorial do desenvolvimento. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional - G&DR, v. 16, n. 2, pp. 63-78, mai-ago/2020d.

DALLABRIDA, V. R. Patrimônio Territorial: abordagens teóricas e indicativos metodológicos para estudos territoriais. Desenvolvimento em Questão, ano 18, n. 52, p. 12-32, jul./set./2020e.

DALLABRIDA, V. R. Governança Territorial: do debate teórico à avaliação da sua prática. Análise Social, v. 50, n. 2, pp. 304-328, 2015.

DALLABRIDA, V. R.; COVAS, M. M. C. M.; COVAS, A. M. A. Inovação, desenvolvimento e espaço urbano: uma relação necessária, mas não suficiente. Rev. Bras. Estud. Urbanos Reg., v. 19, n. 2, p. 360-378, Maio-Ago. 2017.

DEMATTEIS, G., & MAGNAGHI, A. Patrimonio territoriale e coralità produttiva: nuove frontiere per i sistemi economici locali. Scienze Del Territorio, n. 6, p. 12-25, 2018.

FARINÓS, J. Desarrollo Territorial y Gobernanza: refinando significados desde el debate teórico pensando en la práctica. Un intento de aproximación fronética. Desenvolvimento Regional em debate, v. 5, n. 2, p. 4-24, 16 out. 2015.

FARINÓS, J. Gobernanza territorial para el desarrollo sostenible: estado de la cuestión y agenda. Boletín de la A. G. E., n. 46, p. 11-32, 2008.

FERRÃO, J. Governança e Ordenamento do Território. Reflexões para uma governança territorial eficiente, justa e democrática. Prospectiva e Planeamento, v. 17, p. 129-139, 2010.

GREIN, C.; DALLABRIDA, V. R. A inovação é difusa territorialmente, fato ou falácia? Estratégias de marketing territorial e branding como indicativos de inovação em municípios interioranos. Revista Desenvolvimento, Fronteiras e Cidadania, v. 4, n.6, p.37-55, junho de 2020.

GUERRA, J. F. C.; TEODÓSIO, A. D. S. S. Gestão pública societal e gestão social: análise de aproximações e distanciamentos na práxis de uma política pública. Pensamento & Realidade, v. 27, n. 2, p. 5-20, 2012.

HAESBAERT, R. C. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. 3. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

JESSOP, B. ¿Narrando el futuro de la Economía Nacional y el Estado Nacional?: Puntos a considerar acerca del replanteo de la regulación y la re-invención de la gobernancia. Traduzido Por María Delia Bertuzzi. Doc. aportes adm. pública y gest. estatal, n. 7, p. 7-44, 2006.

KOOIMAN, J. Governing as governance. Londres: Sage, 2003.

MAGNAGHI, A. La rappresentazione identitaria del patrimonio territoriale. In: DEMATTEIS, G. e FERLAINO, F. (Org.). Il mondo e i luoghi: geografie delle identità e del cambiamento. Torino: IRES/SGI, 2003. p. 13-20.

MAGNAGHI, A. Mettere in comune il patrimonio territoriale: dalla partecipazione all’autogoverno”. Glocale. Rivista molisana di storia e scienze sociali, n. 9/10, p. 139-157, 2015.

MASSEY D.; ALBERT, A.; BENACH, N. Un sentido global del lugar. Barcelona: Editorial Icaria, 2012 (Colección Espacios Críticos, Volumen 2).

MASSEY, D. Pelo espaço: uma nova política da espacialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2008.

MIROSLAWA, C.; CÓRDOBA AGUILAR, H. El patrimonio como tema de estudios geográficos. Espacio y Desarrollo, n. 16, p. 28-41, 2004.

MAYNTZ, R. El Estado y la sociedad civil en la gobernanza moderna. Revista del CLAD - Reforma y Democracia, Caracas, v. 21, p. 1-8, Oct. 2001.

PECQUEUR, B. A guinada territorial da economia global. Política & Sociedade, n. 14, p. 79- 105, abril/2009.

PECQUEUR, B. Territoire, Territorialite et Developpement. In: Coloque Industrie et Territoire, Anales..., IREPD, Grenoble, 1992.

PECQUEUR, B. Le development local. Paris: Syros, 1989.

POLI, D. Il patrimonio territoriale fra capitale e risorsa nei processi di patrimonializzazione proativa. In: MELONI, B. (a cura di). Aree interne e progetti d’area. Torino: Rosenberg e Sellier, 2015, p. 123-140.

RAFFESTIN, C. Prefácio. In: SAQUET, M. Por uma geografia das territorialidades e das temporalidades. Uma concepção multidimensional voltada para a cooperação e para o desenvolvimento territorial. 2ª ed. Rio de Janeiro: Consequência, 2015. p. 9-15.

RAFFESTIN, C. Por uma geografia do poder. São Paulo: Ática, 1993.

RHODES, R. A. W. Understanding governance. Policy networks, governance, reflexivity and accountability. Philadelphia/Buckingham: Open University Press, 1997.

ROMERO, J.; FARINÓS, J. Redescubriendo la gobernanza más allá del buen gobierno. democracia como base, desarrollo territorial como resultado. Boletín de la A.G.E., n. 56, p. 295-319, 2011.

SAQUET, M. Por uma geografia das territorialidades e das temporalidades. Uma concepção multidimensional voltada para a cooperação e para o desenvolvimento territorial. 2ª. edição revisada e ampliada. Rio de Janeiro: Ed. Consequência, 2015.

SANTOS, M. Espaço e Método. 4. Ed. São Paulo: Nobel, 1997.

SANTOS, M. O retorno do território. In: SANTOS, M.; SOUZA, M. A. A.; SILVEIRA, M. Território, globalização e fragmentação. São Paulo: Hucitec, 1994. p. 15-20.

SANTOS, M. Espaço e Sociedade. Petrópolis: Vozes, 1982.

SCHNEIDER, S.; TARTARUGA, I. G. P. Território e Abordagem Territorial: das referências cognitivas aos aportes aplicados à análise dos processos sociais rurais. Raízes, Campina Grande, v. 23, n. 01 e 02, p. 99–116, jan./dez. 2004.

SØRENSEN, E.; TORFING, J. The Democratic Anchorage of Governance Networks. Scandinavian Political Studies, Nordic Political Science Association, v. 28, n. 3, p. 195-218, 2005.

STOKER, G. Governance as theory: five prepositions. Oxford: UNESCO, 1998.

TARSI, E. Patrimonio territoriale, comunità e territori fragili nel Global South. Scienze del Territorio, n. 7, p. 49-156, 2019.

WEALE, A. New modes of governance, Political accountability and public reason. Government and Opposition, v. 46, n. 1, p. 58–80, 2011.

Downloads

Publicado

2022-04-04

Edição

Seção

Artigos