Análise da eficiência de unidades de ensino: um comparativo da evolução do desempenho dos campi do Instituto Federal Farroupilha

João Pedro Pereira dos Santos, Nelson Guilherme Machado Pinto

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo analisar de forma comparativa a eficiência dos nove campi do Instituto Federal Farroupilha baseado em aspectos evolutivos no período compreendido entre 2010 e 2016. O Desenvolvimento teve uma abordagem significativa em seu referencial teórico, como também a avaliação de desempenho e os aspectos relacionados a eficiência. Este trabalho se caracterizou por ser de cunho descritivo e quantitativo. Para o alcance do objetivo, esta pesquisa buscou realizar o levantamento das análises de desempenho, se existentes, já praticadas na instituição de ensino. A Análise Envoltória de Dados (DEA), com a utilização do software livre SIAD v.3.0 possibilitou a comparação diante da identificação e seleção das principais variáveis de entradas (inputs) e saídas (outputs) de cada campus. A condição atual de cada campus e sua relação com o desenvolvimento socioeconômico da região foi mensurada com a utilização dessa metodologia. O comparativo foi segmentado em três subperíodos: 2010 a 2016; 2014 a 2016 e 2015 a 2016, obtendo-se o resultado para o campus de Santo Augusto como Benchmark com 100% de eficiência, seguido pelo campus de São Borja com 97,16% em média de eficiência dentre os campi em atividade a partir de 2010.


Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, K. A. F. de; DINIZ, J. A.; LIMA, S. C. de. A visão do controle externo na eficiência dos gastos públicos com educação fundamental. Revista de Contabilidade e Organizações, v. 11, n. 29, p. 56-67, 2017.

APOLINÁRIO, F. Dicionário de metodologia científica: um guia para a produção do conhecimento científico. 2ª. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

AZEVEDO, J. B. Desenvolvimento Sustentável Corporativo: Um Estudo sobre Práticas Sustentáveis na Indústria Gaúcha de Máquinas e Implementos Agrícolas. 2014. 117 p. Dissertação. (Mestrado em Administração) -Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2014.

BARBOSA, G. S.; DRACH, P. R.; CORBELLA, O. D. A Conceptual Review of the Terms Sustainable Development and Sustainability. International Journal of Social Sciences, v. III, n. 2, 2014.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Manual do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal. Instrução Normativa nº 01 de 06 de abril de 2001. Brasília. DF.2001. Disponível em: . Acesso em: 21 junho 2017.

______. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Disponível em:. Acesso em 5 jan. 2018.

______ Portaria n. 1.075, de 30 de dezembro de 2014. Estabelece a transição do Colégio Agrícola Frederico Westphalen, vinculado à Universidade Federal de Santa Maria, para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 30 dez. 2014. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/PORTARIA-MEC-N-1076-DE-30-12-2014-GT.pdf. Acesso em 08 out.2018.

BRESSER-PEREIRA, L. C. CONCEITO HISTÓRICO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas FGV-EESP. Texto para discussão 157. DEZ 2006.

______. O novo desenvolvimentismo e a ortodoxia convencional. São Paulo em perspectiva, v. 20, n. 3, p. 5-24, 2006.

BRUNDTLAND, COMISSÃO. Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento (WCDE): O nosso futuro comum. Universidade de Oxford. Nova Iorque, 1987.

COELLI, T. J. et al. An introduction to efficiency and productivity analysis. 2ª ed. Norwell: Kluwer Academic, 1988.

FARREL, M. J. The measurement of productive efficiency. Journal of the Royal Statistical Society, v. 120, n. 3, p. 253-281, 1957.

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO RIO DE JANEIRO. Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal. Rio de Janeiro 2017. Disponível em:< http://www.firjan.com.br/ifdm/>. Recuperado em: 08 nov.2018

FEIJÓ, R. Desenvolvimento econômico: modelos, evidências, opções políticas e o caso brasileiro. São Paulo. Atlas. 2007.

FEIL, A. A.; SCHREIRBER, D. Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: desvendando as sobreposições e alcances de seus significados. Cadernos EBAPE. BR, Rio de janeiro, v. 14, p. 667-681, julho 2017

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 6ª. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

GRATERON, I. C. G. Auditoria de Gestão: Utilização de Indicadores de Gestão no Setor Público. Caderno de Estudos. São Paulo. FIPECAFI. n. 21. 1999;

INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA. A Instituição. Santa Maria. 2017. Disponível em . Acesso em 21 jun. 2017.

JONES, G. R.; GEORGE, J. M. Fundamentos da Administração Contemporânea. Tradução de Ariovaldo Griesi. 4ª. ed. Porto Alegre: AMGH, 2012.

LINS, M. E. et al. O uso da Análise Envoltória de Dados (DEA) para avaliação de hospitais universitários brasileiros. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, p. 985-998, 2007.

LUIZ, L. C. et al. Agenda ambiental na administração pública (a3p) e práticas de sustentabilidade: estudo aplicado em um instituto federal de educação, ciência e tecnologia. Administração pública e gestão social, v. 5, n. 2, p. 54-62, 2013.

MALHEIROS, B. T.; ROCHA, A. R. C.; RAMAL, A. Avaliação e gestão de desempenho. 1ª. ed. Rio de Janeiro : LTC, 2014.

MARINHO, A; L. O.; FAÇANHA, L. O. Programas Sociais: Efetividade, eficiência e eficácia como dimensões operacionais da avaliação. Texto para Discussão. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto de Pesquisa Aplicada- IPEA-ISSN. 1415-4765. 2001.

MATIAS-PEREIRA, J. Manual de gestão pública contemporânea.4 ed. São Paulo, 2012

MEZA, L. A. et al. ISYDS – Integrated System for Decision Support (SIAD – Sistema

Integrado de Apoio à Decisão): a software package for data envelopment analysis

model. Pesquisa Operacional, v. 25, (3), p. 493-503, 2005.

NIEDERLE, P. A.; RADOMSKY, G. F. W. Introdução às teorias do desenvolvimento (DERAD101). PLAGEDER, 2016.

PINTO, N. G. M.; CORONEL, D. A. A. Eficiência e eficácia na administração: proposição de modelos quantitativos. Revista Unemat de Contabilidade, v. 6, n. 11, 2017.

______. Comparação entre índices de desenvolvimento para o Rio Grande do Sul. Estudos do CEPE, n. 40, p. 228-248, 2014.

PINTO, N. G. M; PIOVESAN, V. R.; CORONEL, D. A. Eficiência e eficácia para a agropecuária gaúcha: mapeamento nas mesorregiões do Rio Grande do Sul. Diálogos Interdisciplinares.5(3), p. 113-129, 2016.

PNUD; Ipea; Fjp (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento; Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas; Fundação João Pinheiro). Índice de Desenvolvimento Humano Municipal Brasileiro. Brasília: PNUD/IPEA/FJP, 2013.

RECEITA ESTADUAL RS. Dados Abertos. Porto Alegre, 2018. Disponível em:. Acesso em: 16 ago. 2018.

REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. Histórico. Brasília. 2017. Disponível em: http://redefederal.mec.gov.br/historico. Acesso em: 20 jun.2017.

______. Instituições. Brasília. 2016. Disponível em:. Acesso em: 21 fev.2018.

______. Documentos Institucionais. Brasília. 2016. Disponível em:. Acesso em: 28 fev.2018.

SCHUMPETER, J. A. Teoria do desenvolvimento econômico: uma investigação sobre lucros, capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

SEN, A. K. The Concept of Development, in H. CHENERY and T. N. SRINIVASAN (eds), Handbook of Development Economics, North Holland: Elsevier Science Publishers, v. 1, p. 10-26, 1988.

SHAW, E. H.A. A general theory of sistems performance criteria. International Journal of general Systems. v.38, n.8. p. 851-869, 2009.

SILVA FILHO, M. D. et al. Análise da Eficiência nos Gastos Públicos com Educação Fundamental nos Colégios Militares do Exército Em 2014. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, João pessoa, v. 4, n. 1, p. 50-64, 2016

SISTEMA NACIONAL DE INFORMAÇÕES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA. Consulta pública das unidades de ensino Disponível em:< http://sistec.mec.gov.br/consultapublicaunidadeensino/>. Acesso em 13 nov.2018.

SMITH, A. Inquérito Sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações. Tradução e notas de Luís Cristóvão de Aguiar. Vol. II. 3ª ed. Coimbra – Portugal - 1999.

TODARO, M. P.; SMITH, S. C. Economic Development. Tenth Edition, Addison –Wesley, Boston, 2009.

VALARELLI, L. L. Indicadores de resultados de projetos sociais, Rio de janeiro, 1999.




DOI: https://doi.org/10.26767/coloquio.v18i2.2044

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.