A influência das TICs na comunicação entre pesquisa e extensão rural: uma análise da Web como canal de informação técnico-científica para extensionistas

Pricila Estevão, Diego Neves de Sousa

Resumo


Com a emergência da Tecnologias da Inovação e Comunicação (TICs), propõe-se analisar quais as potencialidades e limites dessas ferramentas tecnológicas como canal de divulgação de informações científicas, técnicas e tecnológicas e na comunicação entre pesquisa e extensão rural através da percepção de técnicos extensionistas. A pesquisa utilizou-se do método survey para o levantamento dos dados primários junto à extensionistas de duas importantes regiões mineiras na produção leiteira. Entre os resultados, verifica-se que, em geral, a Web como meio de comunicação e interação ainda não está apropriada pelos extensionistas. A utilização dos canais Web é baixa em comparação a outros canais de comunicação presenciais.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, A. C. L. S. Leitura e escrita na Web. Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubarão, v.5, n.1, p. 153-183, 2004.

BIDARRA, J. Aproximação a uma metodologia de concepção de videogramas para o ensino a distância. Lisboa: Universidade Aberta, 1994.

BLUMER, H. Symbolic interactionism: Perspective and method. Englewood Cliffs, NJ: Prentice-Hall, 1969.

CASTELLS, M. A galáxia internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

CONCEIÇÃO, A. F. Internet pra quê? – a construção de capacidades e as TIC no processo de desenvolvimento rural. 2016. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Rural) – Curso de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2016.

ESTEVÃO, P; PINHO, J. B; SOUSA, D. N. A Web como fonte de informação científica e de interação entre pesquisa e extensão rural. In: Cleiton Silva Ferreira Milagres; Diego Neves de Sousa. (Org.). Cooperativismo, Extensão Rural e Processos Participativos. Palmas: EDUFT, 2016, v. 1, p. 191-244.

LANDOW, G. P.; DELANY, P. Hypertext, Hypermedia and Literary Studies: the State of the Art. In: DELANY, P.; LAKOFF, G. (Org.). Hypermedia and Literary Studies. Cambridge: The MIT Press, 1991.

LEMOS, A. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, 2004. 295 p.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999. 260 p.

LÉVY, P. O que é o virtual? São Paulo: Editora 34, 1997. 157 p.

LIMA, I. A. A extensão rural e a produção do conhecimento: a fundamentação científica dos planos municipais de desenvolvimento rural do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Estado de São Paulo. 2001. 129 f. Tese (Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP.

MAÇADA, D. L.; TIJIBOY, A. V. Aprendizagem cooperativa em ambientes telemáticos. In: CONGRESSO DA REDE IBEROAMERICANA DE INFORMÁTICA EDUCATIVA - RIBIE, 4., 1998, Brasilia, DF. Anais... Brasília, 1998.

NIELSEN, J.; LORANGER, H. Projetando Websites com usabilidade. Rio de janeiro: Campus, 2006.

PONTE, J. P. Tecnologias de informação e comunicação na formação de professores: que desafios? Revista Ibero-Americana de Educação, n. 24, p. 63-90, set./dez. 2000.

PRIMO, A. F. T. O aspecto relacional das interações na Web 2.0. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 29., 2006, Brasília, DF. Anais... Brasília: Intercom; UnB, 2006. Acesso em: set. 2010.

PRIMO, A. F. T. Enfoques e desfoques no estudo da interação mediada por computador. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, [2005]. Disponível em: . Acesso em: set. 2010.

PRIMO, A. F. T. Interação mútua e reativa: uma proposta de estudo. In:

CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 21., 1998, Recife. Anais... Recife: Intercom, 1998.

RADFAHRER, L. Design/Web/design:2. São Paulo: Market Press, 2001. 218 p.

RAFAELI, S. Interactivity: From new media to communication. In: SAGE Annual Review of Communication Research: advancing communication science. Beverly Hills: Sage, 1988. v. 16, p. 110-134.

RODRIGUES, B. Webwriting - Redação & Informação para a Web. Rio de Janeiro: Brasport, 2016.

SANTOS, D. T. dos. Humildade para aprender: sinônimo de inteligência. Como enfrentar os desafios da educação continuada, exigidos de jornalistas, cientistas, tecnólogos e outros divulgadores de C & T. Revista de Ciência e Comunicação, v. 2, n. 2, jul. 2005.

SILVA, L. Globalização das redes de comunicação: uma reflexão sobre as implicações cognitivas e sociais. In: ALVES, J. A.; CAMPOS, P.; BRITO, P. Q. (Ed.). O futuro da internet. Matosinhos: Centro Atlântico, 1999. p. 53-63.

SIMON, I. Nascimento da Teia Mundial. In: MANDEL, A.; SIMON, I.; DeLYRA, J. L. Informação: computação e comunicação. IME/USP, São Paulo, 1997.

SOUSA, D. N; MACEDO, A. S; MILAGRES, C. S. F; COSTA, M. S; MOURA, R. A. A comunicação na gestão de cooperativas. Cadernos de Comunicação (UFSM), v. 22, p. 84-103, 2018.

TERRA, C. F. Comunicação corporativa digital: o futuro das relações públicas na rede. 2006. 173 f. Dissertação (Mestrado) – ECA/USP, São Paulo, SP.

TRIVINHO, E. Epistemologia em ruínas: a implosão da Teoria da Comunicação na experiência do cyberspace. Revista FAMECOS, Porto Alegre, n.5, p. 73-81, 1996.




DOI: https://doi.org/10.26767/colóquio.v17i4.1809

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.