CIBERINCONSCIÊNCIA: INVESTIGAÇÃO SOBRE A INCONSCIÊNCIA NEUROCIBERNÉTICA

Autores

  • Stefan Toio

Resumo

Este artigo busca compreender a simbiose que se da entre inconsciente, neurocibernética e a correlação do sujeito com o belo como fator inconsciente coletivado. Percorrendo o entendimento onde há uma comunicação da qual acontece entre o inconsciente do sujeito como fator conectivo com a cibernética, desenvolvendo um inconsciente cibernético, onde os comportamentos se automatizam, aprendem com eles mesmos e se moldam nos fatores dos quais o belo se modela na substância dinâmica da rede subjetiva, algo do qual possui sua similaridade consonante quanto ao aprendizado de uma IA (Inteligência Artificial), e nesta semelhança possui convergência do costume conectivo inconsciente humano com as ações cibernéticas sob mesma composição subjetiva.

Referências

ABDULLAH, Rosni; AL-SAI, Zaher Ali; HUSIN, Mohd Heikal. Big data impacts and challenges: a review. Jordan International Joint Conference on Electrical Engineering and Information Technology, 2019. Disponível em: <https://10.1109/JEEIT.2019.8717484>. Acesso em: 18 de agosto de 2021.

BARR; Avron; FEIGENBAUM; Edward A. Handbook of Artificial Inteligence. California: Computer Science Departament – Stanford University, 1979.

BHOSALE, Suraj; BIRAJDAR, Satish; GOSAVI, Nikhil; KARALE, Mayur; YEDGE, Satish. Survey on IoT based Monitoring System for Advertising Board. International Research Journal of Engineering and Technology, 2020.

BUNZ, Mercedes; JANCIUTE, Laima. Artificial intelligence and the Internet of Things. London: University of Westminster Press, 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.16997/book25>. Acesso em: 10 de agosto de 2021.

FREUD. Sobre a concepção das afasias: um estudo crítico. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

HAN, Byung-Chul. La sociedade de la transparencia. Barcelona: Editora Herder, 2013.

_________. En el enjambre. Barcelona: Editora Herder, 2014.

_________. Psicopolítica: neoliberalismo y nuevas técnicas de poder. Barcelona: Editora Herder, 2014.

HOPFIELD, J. Neural networks and physical systems with emergent collective computational abilities. Proceedings of the National Academy os Sciences of the Unite States of America, 1982. Disponível em: <https://doi.org/10.1073/pnas.79.8.2554>. Acesso em: 18 de agosto de 2021.

JAPAN, Virtual.【4K HDR】Night Walk in Tokyo Shibuya (東京散歩) - Fall 2020. Canal no Youtube: Youtube, 2020. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=0nTO4zSEpOs>. Acesso em: 10 de agosto de 2021.

KACZMAREK, Daniel; MARANDA, Aneta Poniszewka. Selected methods of artificial intelligence for Internet of Things conception. Proceedings of the Federated Conference on Computer Science and Information Systems, 2015. Disponível em: <https://doi.org/10.15439/2015F161>. Acesso em: 10 de agosto de 2021.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Editora Loyola, 2007.

LOUREIRO, Vera Mônica Correia. Modificação da superfície de implantes

neuronais. Dissertação de Mestrado. Departamento de Física - Universidade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, 2009-2010.

NEWS, ANN. 【LIVE】渋谷スクランブル交差点 ライブカメラ / Shibuya Scramble Crossing Live Camera. Canal Ao vivo no Youtube: Youtube, 2021. Disponível em <https://www.youtube.com/watch?v=HpdO5Kq3o7Y>. Acesso em: 10 de agosto de 2021.

NORVIG, Peter; RUSSEL, Stuart J. Artificial Intelligence: A Modern Approach. New Jersey: Prentice Hall, 1995.

PEREIRA, Eduardo dos Santos. Inconsciente coletivo cibernético: singularidade tecnológica na era da internet das coisas. Belém: Complexitas, 2020.

RANCIÈRE, Jacques. Inconsciente estético. São Paulo: Editora 34, 2009.

ROZA, Luiz Alfredo Garcia. Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

SADIN, Eric. La vie algorithmique: critique de la raison numérique. Paris: Éditions L'échappée, 2015.

SEPARNOS, Dimitrios; WOLF, Marilyn. Internet-of-things (iot) systems: architectures, algorithms, methodologies. Springer, 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.1007/978-3-319-69715-4>. Acesso em: 10 de agosto de 2021.

TÜRCKE, Christoph. A sociedade excitada: filosofia da sensação. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

WIENER, Norbert. Cibernética: ou controle e comunicação no animal e na máquina (Trad. Gita K. Guinsburg). São Paulo: Editora Perspectiva, 2017.

ZAK, Paul J. Neurological Correlates Allow Us to Predict Human Behavior. The Scientist, 2020. Disponível em: <https://www.the-scientist.com/features/neurological-correlates-allow-us-to-predict-human-behavior-67948>. Acesso em: 16 de agosto de 2021.

Downloads

Publicado

2021-12-14

Edição

Seção

Artigos