FORMAÇÃO, CONHECIMENTOS DA PRÁTICA E EXPERIÊNCIA COM O ENSINO: UM ESTUDO COM DOCENTES DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Lilian Pereira de Souza, Patrícia Angelo Nanni, Marcelo Marchine Ferreira, Osmar Antonio Bonzanini

Resumo


O objetivo do estudo foi descrever características relacionadas ao desenvolvimento profissional docente, ao nível de conhecimento da prática, experiência docente e crenças pessoais acerca do ensino e da aprendizagem dos professores do curso de Ciências Contábeis de uma universidade pública estadual do Paraná. A prática docente envolve titulação adequada, conhecimentos específicos e planejamento das atividades enquanto professor do ensino superior. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório, bibliográfico e com abordagem quanti-qualitativa, realizado mediante o uso de questionários estruturados, em que os dados foram tabulados em planilha eletrônica. Os principais resultados indicam que a maioria dos respondentes possui vinculo de trabalho temporário e detém a titulação de mestre. Também, observou-se que em torno de 30% do tempo desses servidores são gastos com planejamento e preparação de aulas, tempo este maior do que estes estão em sala com os acadêmicos. Há, ainda, preocupação, por parte dos entrevistados, em buscar melhor qualificação para ser bons professores e parte da sua satisfação como docente está ligada ao fato de ter uma boa relação com os alunos.


Texto completo:

PDF

Referências


BEZERRA, Ricardo J. L. Interpretando a contribuição de Maurice Tardif: Reflexões sobre a prática educativa a partir dos saberes curriculares e saberes experienciais docentes. Revista Diálogo – n°19-mar./abr.-2018. Disponível em http://www.revistadialogos.com.br. Acesso em 28/05/2019.

BERG, B.; LUNE, H. Qualitative Research Methods for the Social Sciences. 8. ed. Edinburgh; Pearson, 2014.

BEUREN, I. M. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

BHATTACHERJEE, A. Social Science Research: Principles, Methods, and Practices. 2. ed. Textbooks Collection. Tampa, Florida: USF, 2012.

BURNIER, S., CRUZ, R.M.R., Durães, M.N., Paz, M.L., Silva, N.S. e Silva, I.M.M. Histórias de vida de professores: o caso da educação profissional. Revista Brasileira de Educação, 12(35), 343- 358.

CARDOSO, A. A.; DEL PINO, M. A. B.; DORNELES, C. L.; Os saberes profissionais dos professores na perspectiva de Tardif e Gauthier: contribuições para o campo de pesquisa sobre os saberes docentes no Brasil. IX anped 2012, Seminário de pesquisa em Educação da Região sul. 2012.

CARR-SAUNDERS, A.; WILSON, P. Professions. Oxford: Clarendon Press, 1933.

CORDEIRO, J. Didática. São Paulo: Contexto, 2009.

FLEXNER, A. Is Social Work a Profession? In National conference of charities and correction, baltimore, May 17, 1915, New York City: Published by The New York School of Philanthropy, 1915.

FREIDSON, E. The Professions and their Prospects. Newbury Park: Sage, 1986.

LAFFIN, Marcos. De contador a professor: a trajetória da docência no ensino superior de contabilidade. Repositório Institucional: UFSC, 2002. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/82933. Acesso em: 26 jul. 2019.

LESSARD, Claude; LAHAYE, Louise. Os professores face ao saber: esboço de uma problemática do saber docente. Teoria & Educação, Porto Alegre, n. 4, p. 215-233, 1991.

LESTER, S. The Development of Self-Regulation in Four UK Professional Communities. Professions & Professionalism, v. 6, n. 1, p. 01-14, 2016.

MASETTO, M. T. Comentário. In: Alonso, M. (org) O Trabalho docente: teoria e prática. São Paulo: Pioneira,1999.

MIRANDA, Gilberto José; CASA NOVA, Silvia Pereira de Castro; CORNACCHIONE JUNIOR, Edgard Bruno. Os saberes dos professores-referência no ensino de contabilidade. Revista Contabilidade e Finanças. São Paulo, v. 23, n. 59, p. 142-153, Ago. 2012.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Aprendizagem da docência: algumas contribuições de L. S. Shulman. Revista do Centro de Educação, Edição 2004, vol. 29 – n° 02.

__________, M. G. N. Casos de ensino e aprendizagem profissional da docência. In: ABRAMOWICZ, A.; MELLO, R R. (Org.). Educação: pesquisas e práticas. Campinas, SP: Papirus, 2000. p. 139-161.

__________, M. das G. N. Formação continuada e complexidade da docência: o lugar da universidade. In: ENDIPE, 14, 2008. Anais... Porto alegre; Endipe, 2008.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2002.

RINALDI, R. P. Desenvolvimento profissional de formadores de educação básica: uma experiencia envolvendo a parceria universidade-escola.In: 35° Reunião Anual da Anped 2012. Anais. Porto de Galinhas/CE.2012.

SANGSTER, A. Imagens e Projeções do papel do contador. In: O profissional da contabilidade: desenvolvimento de carreira, percepções e seu papel social. Newbury Park: SENAC, 2014.

SHULMAN, Lee S. Those Who Understand: Knowledge Growth in Teaching. Educational Researcher. v.15, n.2. fev. 1986.

_________, L. S. Konowldge and teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review, 57 (1), 1987. Cadernoscenpec, São Paulo, v. 4, n. 2. Dezembro 2014.

TARDIF, Maurice; Raymond, Danielle. Saberes, tempo e aprendizagem do trabalho no magistério. Educação e sociedade. Ano XXI, n. 73, dez. 2000.

_______, M. Saberes docentes e formação profissional. 14 ed. Petrópolis – RJ: Vozes, 2014.

VIEIRA, M. M. M; ARAÚJO, M. C. P. E. Os estudos de Shulman sobre formação e profissionalização docente nas produções acadêmicas brasileiras: subtítulo do artigo. Cadernos de Educação: Faculdade de Educação UFPel, n. 53, p. 81-100, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br. Acesso em: 10 jul. 2019.

WILSON, S.; SHULMAN, L. e RICHERT, A. (1987). ‘150 different ways’ of knowing: Representations of knowledge in teaching. In: CALDERHEAD, J. (org.). Exploring teachers’ thinking. Londres: Cassel Education.

ZIBETTI, M. L. T.; SOUZA, M. P. R. Apropriação e mobilização de saberes na prática pedagógica: contribuição para a formação de professores. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.33, n.2, maio/ago.2007.P.247-262.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.