Mapeamento da comunicação na Região do Paranhana a partir da criação dos cursos de Publicidade e Propaganda e Relações Públicas da Faccat

Marley de Almeida Tavares Rodrigues, Augusto Rodrigues Parada, Bárbara Meurer

Resumo


O presente estudo buscou identificar e comparar as atividades exercidas no mercado, pelos egressos do Curso de Comunicação da Faccat, com àquelas propostas no Projeto Político Pedagógico (PPP) dos cursos de Publicidade e Propaganda e de Relações Públicas e, ainda, identificar onde os egressos residem, qual foi a sua formação na Faccat, se finalizaram ou não outra graduação diferente de Publicidade e Propaganda ou Relações Públicas e, principalmente, qual é a sua atuação no mercado de trabalho. As análises realizadas nesta pesquisa trouxeram resultados relevantes para os cursos e servirão para nortear a criação e o desenvolvimento de novas disciplinas para as grades curriculares, assim como ajustar o conteúdo programático das já existentes. Tal estudo, além de promover o diálogo entre os responsáveis da pesquisa (professores e bolsista dos cursos) com os egressos, possibilita identificar as tendências e transformações da comunicação no âmbito profissional e acadêmico. Percebeu-se o impacto decorrente das redes sociais e a importância das novas tendências comunicacionais digitais, fazendo com que se pense em uma formação acadêmica centrada nas competências e habilidades digitais com foco no relacionamento com os públicos, que estão, cada vez mais, motivados pelo protagonismo adquirido nas redes. Assim, a necessidade de transformação e adequação de conteúdos ligados a comunicação digital e ao relacionamento envolvem tanto o campo dos profissionais de comunicação quanto os cursos de Publicidade e Propaganda e de Relações Públicas da Faccat.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

CASTELLS, Manuel. Internet e sociedade em rede. In: Moraes, Denis de (Org). Por uma outra comunicação. Mídia mundialização cultural e poder. Rio de Janeiro: Record, 2012.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em ciências humanas e sociais. São Paulo: Cortez, 2005.

COLLIS, Jill; HUSSEY, Roger. Pesquisa em administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005

FERRARI, Maria Aparecida. Teorias e estratégias de Relações Públicas. In: KUNSCH, MARGARIDA MARIA KROHLING (Org.). Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2009.

FOSSATTI, Nelson C. LUCIANO, Edimara M. Técnicas de análise de dados. In: Prática profissional em Administração: Ciência, Método e Técnicas. Porto Alegre: Sulina, 2008.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. São Paulo: Editora Atlas, 1999.

GOMES, Neuza Demartini. Publicidade Comunicação Persuasiva. Porto Alegre: Sulina, 2008.

GONÇALES, Márcio Carbaca. Publicidade e Propaganda. Curitiba: IESDE, 2009.

KOTLER, Philip. Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados. São Paulo: Ediouro, 2009.

KOTLER, Philip. ARMSTRONG, G. Princípios de Marketing. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2014.

KUNSCH, Margarida (Org.). Gestão Estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2009.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber. Porto Alegre: Artmed, 1999.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de marketing. Porto Alegre: Bookman, 2011.

MARCHIORI, Marlene. Cultura e Comunicação Organizacional: um olhar estratégico sobre a organização. São Paulo: Difusão, 2008.

MARTINO, L. (Org.). Teorias da comunicação. 1. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

MATTAR, N. Fauze. Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas, 2014.

NASSAR, Paulo. Relações Públicas na construção da responsabilidade histórica e no resgate da memória institucional das organizações. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2008.

OKADA, SionaraIoco. SOUZA, Eliane Moreira Sá de. Estratégias de Marketing Digital na Era da Busca. Revista Brasileira de Marketing, São Paulo, v. 10, n. 1, p 46-72, jan./abr. 2011. Disponível em: Acesso em: 01 maio 2016

PARADA, Augusto. Fãs Organizacionais e a Memória no Relacionamento com as Organizações. Um estudo do Canal Viva. 2015. 192 f. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 2015.

_________. Comunicação: 15 anos de transformação. Revista Horizontes, N 63, p. 2, nov. 2013.

PERUZZO, Cecília. Comunicação comunitária e gestão participativa. In: KUNSCH, Margarida. KUNSCH; Waldemar Luiz (Org). Relações públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialogada e transformadora. São Paulo: Summus, 2007.

RODRIGUES, Marley. As Novas Tecnologias da Informação na identificação dos stakeholders. IX Seminário Internacional de Comunicação: arte e cultura na sociedade contemporânea, 2007, Porto Alegre. Anais do IX Seminário Internacional de Comunicação, 2007.

_________. Proposta de dimensões de relacionamento em Relações Públicas com stakeholders internos. 2010. 299 f. Tese de Doutorado Programa de Pós-Graduação em Comunicação - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

ROMERO, Sonia. NASCIMENTO, Belmiro. Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Sulina, 2008.

SANTOS, Gilmar. Princípios da Publicidade. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

SCHULER, M. (Org.). Comunicação estratégica. 1. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

SHIMP, Terence A. Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. Porto Alegre: Bookman, 2008.

STUMPF, Ida Regina C. Pesquisa bibliográfica. In: DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio (Orgs). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação. 2. ed. 4. reimpr. São Paulo: Atlas, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.