Relações Públicas na área da saúde

Michaele Daiana Deves, Vera Elisabeth Damasceno Corrêa

Resumo


O presente trabalho busca verificar a imagem da Secretaria Municipal de Saúde do município de Gramado em uma perspectiva de relações públicas. Como estratégia metodológica, adotou-se o método de configuração de imagem (MCI). Trata-se de um estudo de natureza exploratória, aplicado junto ao público externo da SMS em forma de questionário. Os dados apresentados na pesquisa indicam os atributos salientes que compõem a imagem da Secretaria Municipal de Saúde de Gramado, as dimensões da imagem, seus valores de ordem, frequência e totais, os quais são representados através de gráficos. O presente estudo mapeou as ações de comunicação existentes na Secretaria Municipal de Saúde de Gramado e propôs ações, para suprir as demandas de comunicação.

Texto completo:

PDF

Referências


Associação Brasileira de relações públicas. Disponível em: . Acesso em: 19 de ago. 2017.

ALMANSA, Ana. Assessorias de comunicação. São Caetano do Sul- SP: Difusão Editora, 2010.

ARGENTI, Paul A. Comunicação Empresarial: a construção da identidade, imagem e reputação, ed. 2. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

BERMEJO, Carlos José. Humanizar a Saúde: cuidado, relações e valores. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

BERNARDES, Cyro; MARCONDES, Reynaldo Cavalheiro. Teoria Geral da Administração: Gerenciando organizações. São Paulo: Saraiva, 2003.

BORBA, Valdir Ribeiro. Marketing de Relacionamento para organizações de saúde. São Paulo: Atlas, 2007.

BUENO, Wilson da Costa. Comunicação Empresarial: teoria e pesquisa. Barueri, SP: Manole, 2003.

CESCA, Cleuza G. Gimenes. Relações Públicas: e suas interfaces. São Paulo: Summus, 2006. Conselho Federal de Profissionais de Relações Públicas. Disponível em: Acesso em: 05 de ago. 2017.

CURY, Antonio. Organizações e Métodos: Uma visão holística, ed. 7. São Paulo: Atlas, 2000.

DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio. Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação. São Paulo: Atlas, 2005.

FRANÇA, Fábio. Relações Públicas: conceitos básicos e funções estratégicas. In: França, Fábio. Conceituação lógica de públicos em relações Públicas. Revista Estudos de Jornalismo e Relações Públicas. UMESP, n.1, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2010.

GRUNIG, James E.; FERRARI, Maria Aparecida; FRANÇA, Fábio. Relações Públicas: Teoria, contexto e relacionamentos. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2009.

IASBECK, Luiz Carlos Assis. Imagem e Reputação na Gestão da Identidade Organizacional. Revista On line, ano 4. 2007. Disponível em: . Acesso em: 7 set. 2017.

KUNSCH, Margarida. A Comunicação como fator de Humanização das Organizações. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2010.

_______Comunicação organizacional: linguagem, gestão e perspectivas. São Paulo: Saraiva, 2009.

_______Relações Públicas: História, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas. São Paulo: Saraiva, 2009.

_______Gestão estratégica em Comunicação Organizacional e Relações Públicas. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2008.

_______Planejamento de Relações Públicas na Comunicação Integrada. São Paulo: Summus, 2003.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2009.

LATTIMORE, Dan; Relações Públicas: Profissão e prática. Porto Alegre: AMGH, 2012.

MARCHIORI, Marlene. Faces da Cultura e da Comunicação Organizacional. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2010.

MARCHIORI, Marlene. Cultura e comunicação organizacional: um olhar estratégico sobre a organização. São Caetano: Difusão Editora, 2008.

MARCONI, Marina; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de Pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. São Paulo: Atlas, 2008.

MILAN, Gabriel Sperandio; DE TONI, Deonir; SCHULER, Maria. Configuração de imagens: um estudo com serviços de fisioterapia. Disponível em: . Acesso em: 7 set. 2017.

Ministério da saúde. Lei 8.080 de 19 de setembro de 1990. Disponível em: . Acesso em: 26 mar. 2017.

MOYSÉS, Jamil Filho. Planejamento e gestão estratégica: em organizações de saúde. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.

NASSAR, Paulo. Relações Públicas: na construção da responsabilidade histórica e no resgate da memória institucional das organizações. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2008.

NASSAR, Paulo. Comunicação Empresarial: Estratégias de organizações vencedoras. São Paulo: ABERJE, 2005.

SAÚDE - Prefeitura Municipal de Gramado. Disponível em: . Acesso em: 24 mar. 2017.

SCHULER, Maria; TONI, de Deonir. Gestão da imagem de organizações, marcas e produtos: Através do Método para Configuração de Imagem. São Paulo: Atlas, 2015.

SILVA, Belmiro Ribeiro Neto. Comunicação Corporativa e Reputação: Construção e defesa da imagem favorável. São Paulo: Saraiva, 2010.

SILVA, Jassira Castro Ramos. O Método de Configuração da Imagem (MCI): como ferramenta para a avaliação da estratégia de comunicação da empresa Vivenda. Taquara: Faccat, 2016.

TORQUATO, Gaudêncio. Tratado de Comunicação Organizacional e Política. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

VECINA, Gonzalo Neto; MALIK, Ana Maria. Gestão em saúde. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.