Da teoria à prática: as habilidades e competências de Relações Públicas aplicadas ao desenvolvimento de liderança

Diego Perboni de Andrade, Luciane Maria Wagner Raupp

Resumo


As práticas de Relações Públicas estão cada dia mais presentes nas organizações, seja por meio da visão estratégica que o mercado e consumidores exigem, seja pela postura de gestores que as representa. O tema deste artigo é voltado para as habilidades e competências das RP, com objetivo de identifica-las e relaciona-las, partir de entrevistas com cinco profissionais da área. Assim, buscou-se analisar quais as vivências profissionais desses entrevistados que estão associadas às habilidades e competências da profissão de Relações Públicas. Quanto aos procedimentos metodológicos, realizou-se o levantamento bibliográfico e, em seguida, se aplicaram entrevista em profundidade. A análise ocorreu de forma qualitativa, num exercício de análise do discurso e categorização dos subtemas relacionados ao problema de pesquisa. Em suma, o estudo visa relacionar as atividades de Relações Públicas ao desenvolvimento de lideranças nas organizações.

Texto completo:

PDF

Referências


BEKIN, Saul Faingaus. Endomarketing: como praticá-lo com sucesso. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

COLLIS, Jil. Pesquisa em administração: um guia prático para alunos de graduação e pós-graduação– 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

DUTRA, Joel Souza (org.). Gestão por competências: um modelo avançado para o gerenciamento de pessoas. São Paulo: Gente, 2001.

FRANÇA, Fabio. Públicos: Como identifica-los em nova visão estratégica. São Paulo: Dirce Laplaca Viana, 3 ed. 2012.

GRUNIG, James; HUNT, Todd. Managing public relations. New York: Holt, Rinehartand Winston., 550 p, 2003.

GRUNIG, James E. A função das Relações Públicas na administração e sua contribuição para a efetividade organizacional e societal. Comunicação & Sociedade. São Bernardo do Campo: Póscom –Umesp, a. 24, n. 39, p. 67-92, 1º sem. 2003.

GRUNIG, James E.; HUNT, Todd. Managing public relations. Nova York: Holt, Rinehart & Winston, 1984.

HUNTER, James C. Como se tornar um líder servidor: os princípios de liderança de O monge e o Executivo. Rio de Janeiro: Sextante, 2006.

KAUARK, Fabiana; MANHÃES, Fernanda Castro; MEDEIROS, Carlos Henrique. Metodologia da pesquisa: guia prático. Itabuna: Via Litterarum, 2010. Disponível em:<http://www.famescbji.edu.br/famescbji/biblioteca/livros_adm/Livro%20de%20 Metodologia%20da%20Pesquisa%20-%202010.pdf>. Acesso em: 14mai.2017.

KOTLER, Phillip. Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados. São Paulo: Futura,1999.

KUNSCH, Margarida. M. Krohling Planejamento das relações públicas na comunicação integrada, 4. ed 1996.

KUNSCH, Margarida. Planejamento de Relações Públicas na comunicação Integrada. .S ão Paulo: Summus, ,2003.

KUNSCH, Margarida. M. Krohling. Planejamento de Relações Públicas na comunicação integrada. 4. ed. São Paulo: Summus, 2003.

KUNSCH, Margarida. Relações Públicas na gestão estratégica da Comunicação Integrada nas organizações. In: Relações Públicas: história, teorias e estratégias nas organizações contemporâneas. São Paulo: Saraiva, 2009.

KUNSCH, Margarida M. Krohling. Obtendo resultados com Relações Públicas. 2.ed. São Paulo: Cengage Learning., 2011.

LATTIMORE, Dan. Relações Públicas: Profissão e prática. Porto Alegre: AMGH, 3 ed. 2012.

MORIN, Edgar. Cabeça bem-feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Tradução Elóa Jaconina. 8. ed. Rio de Janeiro: Bertranda Brasil, 2003.

NETO, Silvestre Prado de Souza; CALVOSA, Marcello Vinicius Doria. As competências de liderança: atributos e práticas do líder do século XXI, uma pesquisa quantitativa. Rio de Janeiro: Revista de Administração da UNIMEP, 2006.

NETO, Manoel Marcondes Machado Neto. 4 Rs das Relações Públicas Plenas: Proposta conceitual e Prática para a transparência nos negócios. Rio de Janeiro: Ciência moderna ltda, 2015.

OLIVEIRA, Sidnei. Gerção Y: o nascimento de uma nova geração de líderes. São Paulo: Integrare, 2010.

PENTEADO, Roberto Whitaker. Relações públicas nas empresas modernas. Biblioteca Pioneira de administração e negócios. 4ed. São Paulo: Pioneira, 1989.

PERUZZO, Cecília Krohling. Relações Públicas no Modo de Produção Capitalista. 2 ed. São Paulo: Summus, 1986.

RÉVILLION, Anya Sartori Piatnicki. A utilização de pesquisas exploratórias na área de marketing. 2003. Disponível em: . Acesso em: 14 mai. 2017.

SIMÕES, Roberto Porto. Relações Públicas: função crítica. São Paulo: Summus, 1995

TAPSCOTT, Don. A hora da Geração Digital. Rio de Janeiro: Agir, 2010.

TYLOR, Edward. The origins of culture: part I of primitive culture. Nova York: Harper Torchbook, 1958.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.