Processo de criação no mercado publicitário: um estudo dos profissionais habilitados e não habilitados da cidade de Gramado/RS

Frederico Bazzan Oaigen, Taís Vieira Pereira

Resumo


A Publicidade e Propaganda é uma atividade regulamentada no Brasil, entretanto a falta de fiscalização faz com que profissionais habilitados e não habilitados dividam o mercado. Entende-se que essa realidade gera uma concorrência desleal ao oportunizar que profissionais não habilitados atuem livremente. O presente artigo visou compreender a atuação de profissionais habilitados e não habilitados em publicidade e propaganda, atuantes no mercado da cidade de Gramado/RS, um dos principais destinos turísticos do Brasil e da América Latina. Buscou-se analisar os processos criativos desses profissionais no contexto de campanhas publicitárias, a fim de identificar se, na prática, os profissionais habilitados possuem processos de criação mais eficientes do que os profissionais não habilitados, além de identificar possíveis similaridades e disparidades nos caminhos percorridos por cada um no momento de desenvolver uma campanha.

Texto completo:

PDF

Referências


BERTOMEU, João Vicente Cegato. Criação na redação publicitária. São Paulo: edição do autor, 2006.

BRASIL. Lei nº 4.680, de 15 de junho de 1965. Dispõe sobre o exercício da profissão de Publicitário e de Agenciador de Propaganda. Presidente da República, Brasília, DF, 15 de junho de 1965. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2016.

CORRÊA, Roberto. Planejamento de propaganda. 10. Ed. São Paulo: Global, 2008.

G1. Gramado é eleita a cidade brasileira favorita dos turistas em pesquisa. Publicado em: 24 mar. 2015. Disponível em: . Acesso em: 09 mar. 2016.

LUPETTI, Marcélia. Gestão estratégica da comunicação mercadológica. São Paulo: Thompson Learning, 2007.

MANO, Vinícius. Conceito Criativo: Notas sobre o processo de criação na publicidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2014.

MARTINS, Zeca. Propaganda é isso aí!: Um guia para novos anunciantes e futuros publicitários. 1. ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

MENNA BARRETO, Roberto. Criatividade em propaganda. 12. ed. São Paulo: Summus, 2004.

SAMPAIO, Rafael. Propaganda de A a Z: como usar a propaganda para construir marcas e empresas de sucesso. 4. Ed. Rio de Janeiro: Campus, 2013.

SANTOS, Gilmar. Princípios da publicidade. 1. ed. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2005.

VIEIRA, Stalimir. Raciocínio criativo na publicidade. 5. ed. São Paulo: WWF Martins fontes, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.