ANÁLISE DA FERRAMENTA KAHOOT COMO FACILITADORA DO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM

Raquel Prá, Tainá Araújo Freitas, Marcia Regina de Araujo Amico

Resumo


A utilização de softwares e outras tecnologias como facilitadoras do processo de ensino-aprendizagem cresceu como tema de interesse para a literatura acadêmica e também entre profissionais que atuam como docentes. Esta preocupação está associada às transformações ocorridas na relação estabelecida entre professores e alunos, acarretando aos professores o desafio de propor novas metodologias para manter a motivação e o engajamento dos discentes. Nesse sentido, surge o fenômeno denominado gamificação que consiste na utilização de jogos como ferramentas didáticas. Tendo por base este contexto, o presente estudo, qualitativo e exploratório, tem por objetivo analisar a opinião de discentes do curso de Mestrado em Administração de Empresas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) a respeito da contribuição de uma dessas ferramentas, denominada Kahoot, em seus processos de ensino-aprendizagem. Para tanto, foram ministradas aulas expositivo-dialogadas com a utilização da ferramenta em três disciplinas diferentes: Evolução das Teorias de Liderança, Ensino-Aprendizagem e Gestão de Pessoas. A coleta de dados ocorreu mediante a aplicação de um questionário disponibilizado por intermédio do Google Forms. Os dados foram analisados utilizando-se a técnica de Análise de Conteúdo. Os resultados da pesquisa sugerem que, na visão dos respondentes, a ferramenta atua como facilitadora do processo de ensino-aprendizagem, mobilizando e motivando o grupo para a aula e também permitindo a recuperação dos conteúdos apreendidos por meio de leituras anteriores à realização das aulas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Redin - Revista Educacional Interdisciplinar