A TECNOLOGIA NO PROCESSO DE COMUNICAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM DA PESSOA COM SURDEZ: EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA

Scheila Tatiane dos Santos Fucks

Resumo


Este artigo tem como objetivo relatar práticas pedagógicas realizadas em turmas do ensino fundamental, compostas por alunos surdos de uma escola bilíngue para surdos em uma cidade da região metropolitana do município de Porto Alegre, RS. Essas práticas são frutos da busca por recursos metodológicos diferenciados que propiciem a aquisição de vocabulário e conhecimento linguístico nas línguas portuguesa e de sinais. Para tais práticas, foram utilizados aplicativos de tradução simultânea, em aulas da disciplina de Língua de Sinais, a fim de relacionar ambas as línguas, com vistas à promoção de um sujeito efetivamente bilíngue. Sabe-se da importância das tecnologias para as pessoas com surdez, as quais possibilitem a estes sujeitos alternativas que minimizem barreiras comunicacionais, favoreçam o desenvolvimento linguístico e permitam o acesso e interação com o mundo onde está inserido. Ao decorrer das atividades, observou-se ampliação significativa no vocabulário, memorização de palavras e habilidade em relacionar palavras e sinais dos alunos, além da autonomia comunicacional destes sujeitos, no que tange buscar o significado das palavras lidas e a escrita daquilo que se desejava sinalizar sem depender do professor. Assim, concluiu-se que o uso de tecnologias nas práticas pedagógicas com pessoas com surdez contribuiu positivamente para o desenvolvimento global destes sujeitos, propiciando a essas pessoas maior possibilidade de acesso a conteúdos escritos, além de ampliar as habilidades de comunicação quando utilizadas as línguas portuguesa e de sinais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Redin - Revista Educacional Interdisciplinar