UM MAPEAMENTO DA DIMENSÃO AFETIVA NOS MUNDOS VIRTUAIS

Jacqueline Mayumi Akazaki, Thiago Nunes Cestari, Magda Bercht, Patrícia Fernanda da Silva, Patricia Alejandra Behar

Resumo


Na educação, a partir do aumento de recursos tecnológicos surgem novas alternativas para auxiliar no processo de ensino e de aprendizagem, entre elas, a utilização de Mundos Virtuais (MV) têm ganhado cada vez mais atenção à medida que estes ambientes apresentam um potencial para pesquisas. Um dos aspectos pouco explorados neste contexto é como as dimensões afetivas são consideradas nos MV. Nesse viés, este artigo tem como objetivo investigar quais os Mundos Virtuais se preocupam e como eles consideram a dimensão afetiva do estudante. Para isto, escolheu-se como fonte de pesquisa os trabalhos publicados em cinco bases de eventos que são a Revista Brasileira de Informática na Educação, o Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, o Workshop de Informática na Educação, o Workshop do Congresso Brasileiro de Informática na Educação e a Jornada de Atualização em Informática na Educação. O processo de busca foi realizado de maneira manual. Estas bases nacionais abordam temas relacionados a ferramentas, métodos e práticas que auxiliam no processo de ensino e de aprendizagem. A metodologia utilizada é um mapeamento da literatura a partir da identificação de questões de pesquisa que referenciam os MV considerando a dimensão afetiva. Assim, os resultados demonstram que, este levantamento sinaliza como afetividade está sendo considerada na educação, quais os objetivos dos trabalhos mapeados, quais as aplicações de MV, como se deu a evolução histórica de publicações, quais instituições e autores mais correlacionados com a área reforçando sua importância para a aprendizagem.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

________________________________________________

Redin - Revista Educacional Interdisciplinar

ISSN: 2594-4576