JOGOS EM SALA DE AULA

Marcus Vinicius Veiga Serafim, Letícia Azambuja Lopes

Resumo


O artigo consiste no relato feito a partir de uma revisão da literatura. A revisão buscou artigos sobre o uso de jogos e jogos digitais em sala de aula originando um resgate histórico de trabalhos a respeito da utilização de jogos em classe. Esta revisão serviu para mostrar que estudos sobre jogos permeiam as pesquisas desde os anos 1990. Os artigos que citavam diretamente jogos digitais foram utilizados na estruturação de um texto e um hipertexto foi organizado a partir destas informações. Este hipertexto foi publicado em um site (www.wix.com), o qual possui
hospedagem gratuita de homepages. O objetivo do texto consistiu em instigar o uso de jogos digitais em sala de aula e ao final do referido hipertexto há um link para um questionário a fim de medir a eficácia do hipertexto junto aos leitores e, também, para aferir o conhecimento sobre o uso de jogos digitais em sala de aula. Jogos ou jogos digitais é um assunto que sempre rende discussão pois há professores abertos ao seu uso e há aqueles que não adquiriram uma visão a respeito do assunto. Um ponto, independente da visão do professor, é que jogos são envolventes por natureza e todas as pessoas gostam de jogar. O maior desafio para um professor é escolher um jogo que se adéque a sua sala de aula, explorá-lo até dominar e a partir disso, adaptá-lo ao seu conteúdo e utilizálo de maneira eficaz e para o aluno o desafio consiste em deixar-se envolver pela atividade e a partir dela, desenvolver a vontade de aprender.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

________________________________________________

Redin - Revista Educacional Interdisciplinar

ISSN: 2594-4576