A APRENDIZAGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA ESCRITA POR MEIO DA PRODUÇÃO DE FOTONOVELAS MEDIADAS POR TECNOLOGIAS DIGITAIS NO CONTEXTO DA EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS

Maricléia da Silva de Oliveira, Josiane Tesch, Rafael Schilling Fuck

Resumo


Neste artigo, apresenta-se uma investigação, cujo objetivo é compreender como se constitui a aprendizagem da Língua Portuguesa escrita por alunos surdos, por meio da produção de fotonovelas mediadas por Tecnologias Digitais. A principal motivação para o desenvolvimento dessa investigação decorreu da observação de que os alunos surdos apresentam dificuldades na aprendizagem da Língua Portuguesa, na modalidade escrita, as quais podem limitar o desenvolvimento de sua aprendizagem em outras disciplinas escolares e, consequentemente, o exercício de sua cidadania. Nesse sentido, empreendeu-se uma prática pedagógica, na qual os alunos produziram fotonovelas com uso de fotos obtidas por meio de câmera digital ou celular e editor de texto. Para investigar como essa prática contribui na aprendizagem da Língua Portuguesa escrita, desenvolveu-se uma investigação de abordagem qualitativa, delineada na forma de uma pesquisa-ação, na qual participaram alunos surdos de anos finais do Ensino Fundamental de uma escola bilíngue para surdos, localizada na região metropolitana de Porto Alegre. Dentre os resultados obtidos, observou-se que as fotonovelas mediadas por Tecnologias Digitais valorizam o cotidiano e saberes prévios dos alunos, o que produz um ambiente motivador para a aprendizagem da Língua Portuguesa escrita.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

________________________________________________

Redin - Revista Educacional Interdisciplinar

ISSN: 2594-4576