ANÁLISE DOS ERROS MATEMÁTICOS NO COMPONENTE CURRICULAR DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL COM ÊNFASE NO ENSINO DE DERIVADAS EM AULAS POR WEBCONFERÊNCIA

Jaison da Rosa, Silvio Luiz Martins Britto

Resumo


O artigo objetiva analisar os erros cometidos por alunos no processo de ensino e aprendizagem de derivadas em aulas por webconferência no período de pandemia, no componente curricular de Cálculo Diferencial e Integral I, no semestre 2020/1, nas Faculdades Integradas de Taquara - FACCAT. Trata-se de uma investigação de cunho quali-quanti cujo público-alvo são alunos dos cursos de Engenharia de Produção e Matemática, portanto, futuros profissionais que utilizarão esses conhecimentos matemáticos em seus trabalhos cotidianos. Para analisar os resultados dessa atividade, foram aplicados e analisados questionários junto aos alunos e ao professor ministrante da disciplina quanto à experiência de aulas de cálculo, de modo particular, o ensino de derivadas, por webconferência. Além disso, investigaram-se as avaliações dos discentes objetivando identificar aos erros cometidos, possíveis causas quanto a sua ocorrência e se as aulas remotas contribuíram ou não para a incidência desses erros. Contudo, na opinião dos envolvidos, a presença do professor, o contato dos colegas e a ausência do quadro negro dificultaram o entendimento dos conteúdos, porém a troca de informações pelo Whatsapp entre colegas e professor e o compartilhamento das videoaulas contribuíram significativamente para a compreensão dos conteúdos sugeridos, fato explicado por essa ser assistida várias vezes, auxiliando na realização das atividades sugeridas pelo professor. Dessa forma, com esta investigação, pretende-se contribuir com professores e alunos quanto à compreensão e o entendimento do estudo de derivadas e de modo particular por meio de webconferência em aulas remotas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Adriano de Oliveira; SILVA, Rilma Pereira da. Uso da webconferência

como estratégia de ensino-aprendizagem no curso técnico em segurança do

trabalho do IFB. 2015. 34 f. Monografia (Especialização em Educação na

Diversidade e Cidadania) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília,

Brasília, 2015. Disponível em:

https://www.bdm.unb.br/bitstream/10483/15360/1/2015_AdrianoDeOliveiraAlmeida_

RilmaPereiraDaSilva_tcc.pdf. Acesso em: 10 jul. 2020.

ALVARENGA, Karly B.; SAMPAIO, Murilo Medeiros de. Obstáculos referentes às

relações representação aritmética e algébrica de grandezas. In: FONSECA, Laerte

(Org.). Didática do Cálculo: epistemologia, ensino e aprendizagem. São Paulo:

Editora Livraria da Física, 2016. p. 131 – 144.

AZEVEDO, Danielle Santos. Análise de erros matemáticos: Interpretação das

respostas dos alunos. 2009. 65 f. Monografia (Graduação em Matemática) – Instituto

de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

CAMPOS, Mara Lúcia Gomes de et al. A Webconferência como Ferramenta de

Apoio à Tutoria nos Cursos da Graduação CEDERJ – Uma Avaliação sobre o

Programa de Capacitação e Difusão de Uso. EaD em Foco, Rio de Janeiro, v. 5, n.

, p. 201-211, 2015.

CURY, Helena Noronha. Análise de erros: o que podemos aprender com as

respostas dos alunos. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

______. As concepções de Matemática dos professores e sua forma de

considerar o erro dos alunos. 1994. Tese (Doutorado em Ciencias Humanas-

Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul,

Porto Alegre, 1994.

D’AMORE, Bruno. Epistemologia e didática da Matemática. São Paulo: Escrituras

Editora, 2005.

DOTTA, Silvia et al. Abordagem dialógica para a condução de aulas síncronas em

uma Webconferência. In: Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância, 10.,

, Belém. Anais [...]. Belém: [S.I], 2013.

HATTIE, John. Aprendizagem visível para professores: como maximizar o

impacto da aprendizagem. Porto Alegre: Mediação, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.