Índice Socioeconômico (ISE) utilizado na mensuração do desenvolvimento regional no estado de Santa Catarina

Vinicius Tischer

Resumo


O entendimento de fenômenos sociais é fundamental para delinear políticas públicas e subsidiar tomadas de decisões, e a sua mensuração é determinante para desenvolver estratégias visando elevar as condições sociais da população. Com isso, o trabalho teve por objetivo desenvolver um Índice Socioeconômico (ISE) tendo por estudo de caso o estado de Santa Catarina. Foram utilizados dados exclusivos do Censo Demográfico de 2010, utilizando-se quatro temáticas de abordagem: autonomia de renda, desenvolvimento humano, equidade e infraestrutura urbana. Foi obtido o ISE, em nível de setor censitário para todo o estado, o qual variou de -4,77 a 2,42, sendo identificados, com base no índice desenvolvido, setores, municípios e regiões com melhores e piores condições socioeconômicas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, M. T. G.; SOARES, J. F. Medidas de nível socioeconômico em pesquisas sociais: uma aplicação aos dados de uma pesquisa educacional. Opinião Pública, n. 15, v. 1, p. 1-30, 2009.

BAUER, R. A. Social Indicators. Cambridge/London: The M.I.T. Press, 1966.

BYRNE, D. Social Exclusion. Buckingham: Open University Press, 1999.

BARNES, M. (2005). Social Exclusion in Great Britain. An empirical investigation and comparison with the EU. Aldershot: Ashgate.

GENOVEZ, P. C. Território e desigualdades: análise espacial intra-urbana no estudo da dinâmica de exclusão/inclusão social no espaço urbano em São José dos Campos SP. Dissertação (Mestrado em Sensoriamento Remoto - Programa de Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto) - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São José dos Campos, 2005.

GENOVEZ, P. C. et al. Diagnóstico das Áreas de Exclusão/Inclusão Social através de Sistema de Informação Geográfica na Área Urbana de São José dos Campos – SP. Anais X SBSR. Foz do Iguaçu, 2001.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Base de informações do Censo Demográfico 2010: Resultados do Universo por setor censitário. Rio de Janeiro, 2011.

______. Indicadores de desenvolvimento sustentável. Brasil: 2015 / IBGE, Coordenação de Recursos Naturais e Estudos Ambientais [e] Coordenação de Geografia. – Rio de Janeiro:

IBGE, 2015. 352p. (Estudos e pesquisas. Informação geográfica, ISSN 1517-1450; n. 10).

______. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. 2015/ IBGE, Coordenação de População e Indicadores Sociais. - Rio de Janeiro: IBGE, 2015. 137p. (Estudos e pesquisas. Informação demográfica e socioeconômica, ISSN 1516-3296; n. 35).

______. Uma análise das condições de vida da população brasileira 2012. Síntese dos indicadores sociais. Disponível em: . Acesso em: 5 jul. 2017.

JANNUZZI, P. M. Indicadores sociais no Brasil. Conceitos fontes de dados e aplicações. 4. ed. Campinas: Alínea, 2009.

JICZM - Glossário. 2017. Journal of Integrated Coastal Zone Management. Disponível em: . Acesso em: 7 jul. 2017.

LEMOS, J. J. S. Mapa da exclusão social no Brasil: radiografia de um país assimetricamente pobre. 2. Ed. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2007.

MATHIESON, J. et al. Social Exclusion Meaning, measurement and experience and links to health inequalities a review of literature. WHO Social Exclusion Knowledge Network Background Paper 1, 2008.

NASCIMENTO, E.; MATIAS, L. F. Mapeamento da exclusão/inclusão social no espaço intraurbano com dados censitários: experiência a partir da cidade de Ponta Grossa (PR). Ponta Grossa: Terr@Plural, 2008.

SILVA JÚNIOR, W. Gestão pública e monitoramento Gestão pública e monitoramento das desilgualdades socioespaciais: o mapa da das desilgualdades socioespaciais: o mapa da a exclusão / inclusão social de Itajaí – SC. Ponta Grossa: Terr@Plural, 2007.

SINGER, Paul. Globalização e desemprego: diagnóstico e alternativas. 4. ed. São Paulo: Contexto, 2003.

SPOSATI, A. Cidade, Território, Exclusão/Inclusão Social. Congresso Internacional de Geoinformação – GEO Brasil/2000, São Paulo. Disponível em:

.

______. Mapa de Exclusão/Inclusão da Cidade de São Paulo. São Paulo: PUC-SP, 1996.

SOLIGO, V. Indicadores: conceito e complexidade do mensurar em estudos de fenômenos sociais. Est. Aval. Educ. São Paulo, v. 23, n. 52, p. 12-25, 2012.

TISCHER, V. Avaliação da aderência de indicadores socioambientais costeiros: estudo de caso do litoral de Santa Catarina. Revista Internacional de Ciências, Rio de Janeiro, v. 6, n. 2, p. 147-159, jul. 2016.

TISCHER, V.; POLETTE, M. Proposta metodológica de estabelecimento de indicadores socioambientais para a zona costeira brasileira. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional. G&DR. v. 12, n. 2, p. 355-373, Taubaté, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.26767/coloquio.v16i2.805

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.