Comércio internacional e Desenvolvimento Regional: as exportações do setor de uva no estado de Pernambuco

Maria Raíza Vicente Silva, Maria Gilca Pinto Xavier

Resumo


Devido às políticas de desenvolvimento regional, implementadas desde a metade do século XX, o Vale do São Francisco experimentou, nos últimos anos, expressivo crescimento de sua fruticultura, sendo hoje um grande exportador de manga e uva, abrangendo os estados de Pernambuco e Bahia. O objetivo deste trabalho consiste em analisar a ocorrência de vantagens comparativas, na economia de Pernambuco, entre o setor de exportação de uva frente a outros setores exportadores, e sua importância no crescimento dos municípios pernambucanos da região no período entre 2010 e 2016. A concepção de vantagem comparativa aqui trabalhada compara as vantagens de diferentes produtos numa mesma região. O método utilizado para medi-la foi o cálculo do Índice de Contribuição ao Saldo Comercial, que busca identificar a especialização das exportações de uma região ou país. Para medir o crescimento econômico, foram estudados os principais indicadores socioeconômicos. Os resultados mostraram que o setor de uvas tem vantagens comparativas, e que, apesar de ter perdido espaço para outros setores exportadores do estado, permanece como importante fator de geração de crescimento da economia regional.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, R. A., SOARES, C. Export Led Growth’ x ‘Growth Led Exports’: What Matters for the Brazilian Growth Experience after Trade Liberalization? Munich Personal RePEc Archive. 2011. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2017.

ATLAS de Desenvolvimento Humano do Brasil. 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017.

EMBRAPA. Levantamento dados de produção: culturas anuais, semi-perenes e perenes. 2014.

EMBRAPA. Cultivo da Videira. 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017.

FREDDO, Ana Rita Lopes Farias. Conjuntura Mensal Uva e Derivados. CONAB. 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017

G1 PETROLINA. Exportações de Frutas no Vale São Francisco sofrem queda em 2014. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017.

______. Produtores do Vale do São Francisco esperam alta na exportação de frutas. 2016. Disponível em: . Acesso em 20 mar. 2017.

GONÇALVES, K. P. dos A.; PAULILLO, L. F. DE O. e. Competitividade do Agronegócio nos Estados Brasileiros: Evolução de Indicadores de Comércio Internacional entre 1997 e 2014. Anais do 54o Congresso da Sociedade de Economia, Administração e Sociologia Rural. João Pessoa, 2016.

HORA, G. B. Análise do processo de inovação no APL da vitivinicultura do Vale do Submédio São Francisco. 2001-2012. Recife, 2014.

JC ONLINE. Porto de Suape tenta atrair exportação de frutas do Vale do São Francisco. 2015. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2016.

KRUGMAN, P.; OBSTFELD, M. Economía Internacional. 7. ed. Madrid: Pearson Addison Wesley, 2005.

ORNELLAS, Isabella. Vale do São Francisco deve sofrer retração nas exportações. G1 Petrolina. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2017.

PORTER, M. A vantagem competitiva das nações. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

RICARDO, DAVID. Princípios de Economia Política e Tributação. São Paulo: Nova Cultural. 1817.

SILVA, M. L. da et al. Análise da competitividade do setor vinícola do Rio Grande do Sul. Revista Qualitas. v.17 n. 1, jan./mar. 2016.

SOARES, J. M.; LEÃO, P. C. de S. A Vitivinicultura no Semiárido Brasileiro – Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica; Petrolina: Embrapa Semiárido, 2009.

SOARES, N. S.; SILVA, M. L. Competitividade brasileira no comércio internacional de produtos extrativos vegetais. Econ. NE, Fortaleza, n. 4, v. 44, p. 879-893, out./dez. 2013.

XAVIER, L. F. Exportações entre Brasil e China: uma análise sobre o aproveitamento de oportunidades comerciais. Recife: UFPE, 2013.

ZUZA, J. V. C. F. A política econômica regional do Vale do São Francisco: uma busca do desenvolvimento do interior brasileiro. Revista Estudos Sociais, Mato Grosso, ano 10, n. 20, v. 2. 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.26767/coloquio.v15i1.766

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.