Agricultura e dinâmicas do desenvolvimento rural no contexto da globalização

Cláudio Machado Maia, Mario Riedl

Resumo


Este artigo é de caráter exploratório e visa contribuir para a compreensão do processo de desenvolvimento e da inserção da agricultura num contexto de globalização vis-à-vis, elementos que têm conformado a evolução e a reestruturação da agricultura. Para tanto, são apresentadas reflexões sobre globalização, sua caracterização, gênese, impactos e mudanças, e a questão do Estado-Nação, assim como interpretações de dinâmicas de desenvolvimento rural. É construído com base em diversas fontes bibliográficas, tendo como conclusão uma síntese sobre a abordagem territorial do desenvolvimento como alternativa analítica que considera a composição e a complexidade do mundo rural, uma abordagem que serve como modelo de análise. Numa reflexão de abordagem comparativa, apresentase uma breve caracterização do processo de desenvolvimento rural no âmbito dos países do sul da Europa e latino-americanos. Resumidamente, são apresentadas considerações em torno de elementos que podem favorecer o processo de desenvolvimento rural, tais como o papel dos atores do processo de desenvolvimento e das práticas participativas da sociedade; das ações dos indivíduos e organismos sociais, das organizações e das instituições. Enfim, uma reflexão sobre o desenvolvimento que remete à compreensão das problemáticas e das políticas de promoção do desenvolvimento.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Ricardo. Para uma teoria dos estudos territoriais. In: I Colóquio Internacional sobre Desenvolvimento Territorial Sustentável. Florianópolis: UFSC, 2007.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Tradução Roneide Venâncio Majer. 7. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2003. (A Era da Informação: economia, sociedade e cultura; v. 1).

KAGEYAMA, Ângela. Desenvolvimento Rural: conceitos e aplicação ao caso brasileiro. Porto Alegre: UFRGS, 2008. (Série Estudos Rurais).

LINCK, Thierry. La economía y la política de la apropiación de los territorios. In: RIELLA, Alberto (Org.). Globalizacion, Desarrollo y Territorios Menos Favorecidos. Montevideo: Rosgal S.A., 2006.

LONG, Norman. Development sociology: actor perspectives. London and New York, Routledge, 2001. Tradução de Horacia Fajardo, Magdalena Villarreal y Pastora Rodrígues. Mexico: El Colegio de San Luis, 2007.

MAIA, Claudio Machado. Abordagens não dicotômicas do desenvolvimento: ação à distância, tecnologia informacional e o posicionamento estratégico de atores. In: OLIVEIRA, Odete Maria de. Relações Internacionais, Direito e Poder: Atores Estatais na Era da Rede Global. v. III. Ijui: Unijuí, 2016.

MACHADO, Jorge Alberto. La Globalização (des)Controlada: crisis globales, desajustes econômicos e impactos locales. São Paulo: Tendenz, 2003.

MDA. Ministério do Desenvolvimento Agrário. Marco Referencial para Apoio ao Desenvolvimento de Territórios Rurais. Série Documentos Institucionais, 02. Brasília: MDA, 2005.

MOREIRA, Manuel Belo. Globalização econômica: gênese e reflexões prospectivas. In: RIELLA, Alberto (Org.). Globalizacion, Desarrollo y Territorios Menos Favorecidos. Montevideo: Rosgal S.A., 2006.

MURDOCH, J.; MARSDEN, Terry. Reconstituting rurality: class, power and community in the land, development process. London: UCL, 1994.

NORTH, Douglass C. Economic performance through time. American Economic Review, v. 84, n. 3. p. 359-368, 1994.

______. Institutions, institutional change and economic development. Cambridge: Cambridge University Press, 1990. Disponível em: . Acesso em: 29 nov. 2016.

______. Institutions. Journal of Economic Perspectives, v. 5, n. 1, p. 97-112, 1991.

REQUIER-DESJARDINS, Denis. Agro-Industria Rural y Sistemas Agroalimentares Localizados : Cuáles puestas ? In: X Aniversario de PRODAR, Quito, Noviembre de 1999.

RIELLA, Alberto (Org.). Globalizacion, Desarrollo y Territorios Menos Favorecidos. Montevideo: Rosgal S.A., 2006.

RODRIK, Dani. Feasible globalizations. National Bureau of Economic Research (NBER). Working paper series. NBER n. 9129, September 2002.

______. Symposium on Globalization in Perspective: an Introduction . The Journal of Economic Perspectives, v. 12, n. 4. p. 3-8. Autumn, 1998.

SCHNEIDER, Sergio. O papel da pluriatividade numa estratégia de desenvolvimento rural. In: Seminário Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável. Brasília: MDA, 2005.

SOUZA, Marcelo José Lopes de. O território: sobre espaço e poder, autonomia e desenvolvimento. In: CASTRO, I. E. et al. (Org). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

STAVENHAGEN, Rodolfo. Etnodesenvolvimento: uma dimensão ignorada do pensamento desenvolvimentista. Anuário Antropológico. n. 84, p. 11-44, 1985.

SUMPSI, José Maria. Experiencias de Desarrollo Territorial Rural en la UE y LAC. In: XLIII Congresso da SOBER – Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Ribeirão Preto: SOBER, 2005.

SZTOMPKA, Piotr. Sociologia del Cambio Social. Madrid: Alianza, 1995.

VEIGA, Jose Eli da. A Face Rural do Desenvolvimento. Porto Alegre: UFRGS, 2000.

______. O Brasil rural precisa de uma estratégia de desenvolvimento. Texto para discussão. São Paulo: FEA, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.26767/coloquio.v14i1.573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.