Resiliência social na Floresta Atlântica do Rio Grande do Sul: o uso dos sistemas ecológicos na produção de banana

Daniela Garcez Wives, Carolina Braz de Castilho e Silva, João Armando Dessimon Machado

Resumo


A utilização dos recursos da Floresta Atlântica, Patrimônio Nacional, tem sido restringida pela legislação ambiental, por meio do Código Florestal Brasileiro (Lei no 1.428/2006), do Código Florestal Estadual (Lei no 9.519/1992) e do Código Estadual do Meio Ambiente (11.520/2000). Diante disso, o objetivo deste estudo é avaliar a capacidade de resiliência social ecológica dos moradores da microrregião do Litoral Norte, no Rio Grande do Sul, que obtinham seu sustento da agricultura, com sistemas produtivos baseados na queimada, e viram esse sistema comprometido, restando-lhes poucas alternativas, entre elas, o abandono das áreas. O estudo analisa, através de 53 entrevistas, os recursos e relações locais utilizados pelos habitantes, além de alguns indicadores socioeconômicos, como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a Superfície Agrícola Útil (SAU) e o Produto Bruto (PB) para verificar as transformações locais. O artigo demonstra que recursos e relações locais foram fundamentais para ajudar as comunidades a lidar com os impactos da nova Legislação Ambiental imposta nos seus espaços de vida e produção. Também como os sistemas (SAF) permitem a produção agrícola com a conservação e o uso sustentável das florestas, configurando-se isso nas respostas de quase 500 bananicultores, ao permitir o uso da terra e a melhora na renda dos produtores.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Código do Meio Ambiente: Lei Federal no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 e Lei Estadual no 11.520, de 03 de agosto de 2000. 6. ed. Porto Alegre: CORAG, 2009a.

______. Constituição Federal. Coletânea de Legislação Ambiental. Organização Odete Medauar. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2009b.

PEROTTO, M. A. Influência da legislação ambiental no uso e conservação da bacia hidrográfica do rio Maquiné (RS), no período de 1964 a 2004. 2007. 148 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

PNUD. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 13 ago.2013.

SORIA, H. B. E.; BLANDTT, L. S.; RIBEIRO, J. P. Resiliência: a capacidade de adaptação e/ou transformação nas desigualdades sociais. In: III Jornada Internacional de políticas públicas questão social e desenvolvimento no século XXI. Maranhão, 2007.

WIVES, D. G. Funcionamento e performance dos sistemas de produção da banana na Microrregião do Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 2008. 164f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Rural) – Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.




DOI: https://doi.org/10.26767/coloquio.v12i1.217

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.