A produção de tabaco no Brasil: um estudo com base na teoria da localização e do crescimento regional de Douglass North

Eliane de Souza Santos, Cidonea Machado Deponti

Resumo


Esta pesquisa se trata de uma análise sobre a trajetória sócio histórica da produção de tabaco no Brasil. Diante da história e do papel desta cultura para a economia, o objetivo geral do estudo é realizar uma análise sob a ótica da teoria da localização e do crescimento regional de Douglass North. A pesquisa justifica-se pelo fato de que a cultura do tabaco está presente no desenvolvimento das regiões produtoras no país. Para tanto, utiliza-se a metodologia de caráter descritivo-exploratória. A revisão bibliográfica foi embasada em artigos científicos de autores que investigam sobre o tema, além de dados e informações do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SINDITABACO). Diante da análise dos dados, entende-se a importância desta cultura em uma trajetória histórica de desenvolvimento das regiões produtoras, e principalmente, de inserção da produção no mercado internacional, com a oferta de um produto diferenciado e com qualidade brasileira. Entretanto, é possível concluir que em termos de desenvolvimento regional, é necessária a diversificação produtiva do território, pois, a diversificação é uma condição de segurança para a região.

Texto completo:

PDF

Referências


BELING, Romar Rudolfo. A história de muita gente: um exemplo de liderança. Santa Cruz do Sul: AFUBRA, 2006.

BUAINAIN; FILHO. Organização e funcionamento do mercado de tabaco no Sul do Brasil. Campinas: Editora da Unicamp, 2009.

DUTRA, E. J.; HILSINGER, R. A Cadeia produtiva do tabaco na região Sul do Brasil: aspectos quantitativos e qualitativos. Geografia Ensino & Pesquisa, vol. 17, n. 3, set./dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 21 set. 2019.

GALA, Paulo. A Teoria Institucional de Douglass North. Revista de Economia Política, vol. 23, nº 2 (90), abril-junho/2003. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2019.

GIL, Antônio Carlos. Técnicas de pesquisa em economia. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1991.

HILSINGER, Roni. O território do tabaco no Sul do Rio Grande do Sul diante da Convenção Quadro para o controle do tabaco. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Geografia). Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: 2016, 223 p. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.

NORTH, D. C. Custos de Transação, Instituições e Desempenho Econômico. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1994.

______. Institutions, institutional change and economic performance. Cambridge, EUA: Cambridge University Press, 1990.

______. Teoria da localização e crescimento econômico regional. In: J. SCHWARTZMANN (org.) Economia regional e urbana: textos escolhidos. Belo Horizonte: UFMG, p. 333- 343, 1977. Disponível em: . Acesso em: 16 nov. 2018.

PAIVA, Carlos Águedo Nagel. Demanda efetiva e desenvolvimento regional. REDES, Santa Cruz do Sul, v. 13, n. 2, p. 161 - 183, mai./ago. 2008.

______. Como Identificar e Mobilizar o Potencial de Desenvolvimento Endógeno De Uma Região? Porto Alegre: FEE, 2004. Disponível em: . Acesso em: 08 de outubro de 2019.

SAITO, Camila et al. Relevância do Setor de Tabaco no Brasil. Tendências Consultoria Integrada. Jul. 2018. Disponível em: . Acesso em: 03 ago. 2019.

SILVA, L. X. Análise do Complexo Agroindustrial Fumageiro sul-brasileiro sob o enfoque da economia dos custos de transação. Tese (Doutorado em Economia). Faculdade de

Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul: Porto Alegre, 2002, 287 p. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2019.

SINDITABACO. Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco. 2019. Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2019.

VENDRUSCOLO, Rafaela. Instituições e Críticas na fumicultura do Rio Grande do Sul: mudanças e reafirmações institucionais. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 set. 2018.

VEBLEN, T. A teoria da classe ociosa: um estudo econômico das instituições. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

VOGT, Olgário Paulo. A produção de fumo em Santa Cruz do Sul - RS (1849-1993). Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 1997.

WEISS, Carla. As mudanças no ambiente institucional formal e o direcionamento da cadeia agroindustrial do tabaco no RS. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Agronegócios do Centro de Estudos e Pesquisa em Agronegócios - CEPAN). Universidade Federal do Rio Grande do Sul: Porto Alegre, 2015, 130p.Disponível em: . Acesso em: 01 ago. 2019.

WILLIAMSON, O. The Economic Institutions of Capitalism. New York: Free Press, 1985.




DOI: https://doi.org/10.26767/coloquio.v18i1.1896

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.