As dimensões escalares do Desenvolvimento Regional: o caso da evolução do turismo em Gramado-RS

Roger Pierre Vidal, Daniela Burkhard, Roberto T. Ramos Morais

Resumo


Este trabalho inicialmente apresenta uma revisão conceitual a ser utilizada para analisar a evolução histórica do território de Gramado, desde os anos 1930 até 2008, tendo como ênfase o desenvolvimento do território no período de integração local e a pressão que a globalização exerceu sobre o desenvolvimento do município. O principal objetivo do estudo foi analisar as macrodecisões e as suas influências no processo de desenvolvimento do município de Gramado, no período de mais  desetenta anos, tendo como foco descrever o processo de evolução do espaço  econômico do município. O presente artigo fundamenta-se numa análise qualitativa, baseada em dados secundários, para descrever a evolução histórica do município foram realizadas pesquisas bibliográficas e documentais. Conclui-se que os impactos das macrodecisões para a evolução do Município de Gramado modificaram a economia e resultaram na geração de diversas alternativas econômicas desenvolvidas na cidade e alicerçadas no setor de turismo e em outras que ainda podem ser grandes apostas econômicas identificadas no estudo.

Texto completo:

PDF

Referências


BOULLÓN, R. C. Planejamento do espaço turístico. Bauru: Edusc, 2002.

BRANDÃO, C. A. Revista Paranaense de Desenvolvimento, Curitiba, n. 107,

p. 57-76, jul./dez. 2004.

BRASIL, Informações. PIB a preços correntes. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2014

CRUZ, Rita de Cassia. Políticas de turismo e território. São Paulo: Contexto, 2000.

DAROS, Marília. Colonização: as etnias formativas de Gramado. In: Gramado Site. Disponível em

. Acesso em: 20 fev.2012.

DE LA TORRE, Francisco. Agência de Viagens e transporte. São Paulo: Rocca, 2003.

FEE. Fundação de Economia e Estatística. Valor Adicionado Bruto a Preços

Básicos. 2014. Dados. Disponível em: . Acesso em: 1 jan. 2014.

HEIDRICH, Álvaro Luiz. Território, integração socioespacial, região, fragmentação e exclusão social. In: RIBAS, A. D.; SPOSITO, E. S.; SAQUET, M. A. (Orgs.). Território e desenvolvimento: diferentes abordagens. Francisco Beltrão: Unioeste, 2004. p. 37-66.

KNAFOU, R. Turismo e território. Para um enfoque científico do turismo. In:

RODRIGUES, A. B. et al. (Org.). Turismo e Geografia: reflexões teóricas e enfoques regionais. São Paulo: Hucitec, 2001.

LINS, Hoyêdo Nunes. Economia Regional e Urbana. Florianópolis: Departamento de Ciências – UFSC, 2009.

MACADAR, Jaime Adrian Moron; MACADAR, Beky Moron. Proposta de uma Modelo de Análise do valor de ativos estratégicos. Revista Brasileira de Estratégias, Curitiba, v. 6, n. 2, p.193-2009, 2013.

OLIVEIRA, M. H.; MEDEIROS, L. A. R. Panorama da indústria calçadista brasileira e o segmento de tênis. Rio de Janeiro: BNDES Setorial – Calçados, 1995.

PERROUX, F. A economia do século XX. Lisboa: Herder, 1967.

PETROCCHI. M. Gestão de polos turísticos. São Paulo: Futura, 2001.

ROSE, Alexandre T. de. Turismo: planejamento e marketing: aplicação da matriz de portfólio para destinações turísticas. São Paulo: Malone, 2002.

RUSCHMANN, D. Turismo e planejamento sustentável: a proteção do meio

ambiente. São Paulo: Papirus, 1999.

SANTOS, Milton. O Brasil: território e sociedade no início do século XXI. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SEABRA, Fernando. Contabilidade Social. Florianópolis: UFSC, 2008

SUERTEGARAY, Dirce Maria Antunes. Espaço Geográfico uno e múltiplo. Scripta Nova, n. 93, 15 jul. 2001.

TOMAZZONI, Edegar Luis. Turismo e desenvolvimento regional: dimensões, elementos e indicadores. Caxias do Sul: Educs, 2009




DOI: https://doi.org/10.26767/coloquio.v11i1.102

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.