TECNOLOGIAS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM EM CENTROS DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES

Ana Reis, Roberta Dall Agnese da Costa

Resumo


A mortalidade por causas externas configura-se como um grave problema social, econômico e de saúde pública, sendo os óbitos por acidentes de trânsito de grande relevância dentro desse grupo. Em um recente relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito. O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito. Uma das formas de se promover o trânsito seguro é a Educação para o Trânsito. Porém, observa-se que, nas salas de aulas dos Centros de Formação de Condutores (CFC) proposta ainda é deixada em segundo plano, e existem poucas escolas que possuem ações integradas com órgãos públicos. Acredita-se que um dos principais recursos e/possibilidades para assegurar o direito a um trânsito seguro é a construção de um processo pedagógico de valorização da vida, que possibilite aos indivíduos e grupos, a consciência de seu agir e o respeito com a lei. A tarefa, portanto, é educar para um trânsito mais civilizado e mais seguro. Assim, o objetivo desta pesquisa foi investigar os processos de ensino e aprendizagem que ocorrem em um CFC da cidade da Caxias do Sul e destacar as tecnologias digitais utilizadas como recurso neste processo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

________________________________________________

Redin - Revista Educacional Interdisciplinar

ISSN: 2594-4576