METODOLOGIAS ATIVAS NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

LUCIANE INOCENTE, ANGELICA TOMMASINI, ANA SARA CASTAMAN

Resumo


O processo de ensino e aprendizagem exige constantemente o aperfeiçoamento por parte dos professores em estratégias para a mediação de conteúdo. Na modalidade da Educação Profissional e Tecnológica (EPT) este aspecto não é diferente, já que necessita-se de métodos de ensino que permitam uma aprendizagem significativa e contextualizada, para a formação de competências para a vida pessoal e profissional do estudante. Nesta perspectiva, um dos caminhos são as metodologias ativas, as quais voltam-se para o protagonismo do estudante, sendo ele, o centro do aprendizado. Também favorecem a autonomia do estudante, estimulando a criatividade e preparando para a tomada de decisões no contexto em que ele vive. A partir do emprego das metodologias ativas, os estudantes tornam-se sujeitos históricos e assumem um papel ativo na aprendizagem, uma vez que compreende-se que este possui experiências e saberes que podem ser consideradas para a construção do conhecimento. Portanto, o presente estudo tem por objetivo refletir, a partir de uma abordagem qualitativa sobre as contribuições das metodologias ativas no ensino na Educação Profissional e Tecnológica, enquanto um recurso didático para uma formação crítica e reflexiva do estudante. Para tanto, este estudo divide-se em três partes: a) aponta as contribuições das metodologias ativas no processo de ensino e aprendizagem; b) apresenta reflexões sobre o emprego das metodologias ativas na EPT; c) trata dos recursos tecnológicos enquanto metodologias ativas no ensino na EPT e como aporte para o desenvolvimento profissional e humanístico dos estudantes. Entende-se que as metodologias ativas facilitam a performance do professor em sua prática. Neste sentido, torna-se uma ferramenta imprescindível no fazer docente. A prática pedagógica na EPT por meio da metodologia ativa conduz o estudante a desenvolver o processo reflexivo da aprendizagem, desenvolvendo seu senso crítico de pesquisador, investigador e questionador, bem como a autonomia  frente a situações diversas que exigem tomada de decisão na vida profissional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

________________________________________________

Redin - Revista Educacional Interdisciplinar

ISSN: 2594-4576