A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR COMO POLÍTICA PÚBLICA DE EQUIDADE: DISCUSSÕES E PERSPECTIVAS

Débora Tais Arnhold, Rosemari Lorenz Martins

Resumo


O presente estudo discorre sobre o processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular no cenário educacional brasileiro e sobre as implicações no atendimento educacional. Com o intuito de diferenciar os conceitos de igualdade e equidade, busca-se discutir concepções de justiça nesse contexto. Além disso, com amparo em estudos de Schmidt (2018), tenta-se caracterizar a BNCC como política pública, porque busca responder um problema político – a desigualdade no atendimento educacional – a partir de uma resposta do poder público – por meio da implementação de um documento que permita à cada região do Brasil desenvolver as habilidades e competências discentes conforme suas possibilidades, a partir de um viés equitativo, que atenda a todos a partir de suas reais especificidades e que ensine, através de competências e habilidades, os alunos a ser e não meramente a saber.

Texto completo:

PDF

Referências


BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR. Números dos seminários, 2016. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/numeros-dos-seminarios. Acesso em 02 dez 2020.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República [2020]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 02 dez 2020.

______. Lei n. 13.005, de 25 de junho de 2014. Estabelece o Plano Nacional de Educação. Brasília, 2014. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014. Acesso em 02 dez 2020.

______. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece a Lei de Diretrizes e Bases da educação nacional. Brasília, 1996. Disponível: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em 02 dez 2020.

______. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – 1° versão. Brasília, 2015. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/relatorios-analiticos/BNCC-APRESENTACAO.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

______. ______. Base Nacional Comum Curricular – 2° versão. Brasília, 2016. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/relatorios-analiticos/bncc-2versao.revista.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

______. ______. Conferência Nacional de Educação: construindo o sistema nacional articulado de educação, 2010. Disponível em: http://www.educacaorc.com.br/media/biblioteca/2020303/conae2010_docfinal.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

______. ______. Programa Currículo em Movimento, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?Itemid=935&id=13449&option=com_content&view=article. Acesso em 02 dez 2020.

______. ______. Resolução n. 4, de 13 de julho de 2010. Define Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica. Brasília, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_10.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

______. Portaria n. 1570, de 20 de dezembro de 2017. Institui e orienta a implementação da Base Nacional Comum Curricular, explicitando os direitos e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento, a ser observada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/historico/PORTARIA1570DE22DEDEZEMBRODE2017.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

______. Portaria n. 592, de 17 de junho de 2015. Institui a Comissão de Especialistas para elaboração de Proposta da Base Nacional Comum Curricular. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=21361-port-592-bnc-21-set-2015-pdf&Itemid=30192#:~:text=PORTARIA%20No%2D%20592%2C%20DE%2017,que%20lhe%20confere%20o%20art.. Acesso em 02 dez 2020.

______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. – Brasília: MEC/SEF, 1997. 126p.

______. Resolução CNE/CP nº 2, de 22 de dezembro de 2017. Institui e orienta a implantação da Base Nacional Comum Curricular, a ser respeitada obrigatoriamente ao longo das etapas e respectivas modalidades no âmbito da Educação Básica. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/historico/RESOLUCAOCNE_CP222DEDEZEMBRODE2017.pdf. Acesso em 02 dez 2020.

LARANJEIRA, Cintia. A Base Nacional Comum Curricular: uma leitura a contrapelo dos avanços tecnológicos e metodológicos da educação infantil. RevistAleph, Rio de Janeiro, v. 14, n. 29, p. 117-131, dez. 2017.

MOVIMENTO PELA BASE. O Dia D da BNCC, 2018. Disponível em: https://movimentopelabase.org.br/acontece/o-dia-d-da-bncc/. Acesso em 02 dez 2020.

SCHMIDT, João Pedro. Para estudar políticas públicas: aspectos conceituais, metodológicos e abordagens teóricas. Revista do direito, Santa Cruz do Sul, v. 3, n. 56, p. 119-149, set/dez. 2018.

SOUZA, Paulo Henrique de. BNCC no chão da sala de aula: o que as escolas podem aprender a fazer com as dez competências? Belo Horizonte: Conhecimento Editora, 2020.

SUDBRACK, Edite Maria. FARENZENA, Nalú. Assistência técnica e financeira da união aos entes subnacionais: o desafio da equidade. Jornal de Políticas Educacionais, Curitiba, v. 10, n. 19, p. 57-67, jan./jun. 2016.

VASQUES, Rosane Fátima; SILVA, Roberto Rafael Dias da. Igualdade de oportunidades e acesso a conhecimentos relevantes: estudo sobre a equidade nas políticas curriculares. Roteiro, Joaçaba, v. 45, p. 1-26, jan./dez. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.