Um olhar para a inclusão do deficiente no mercado de trabalho em Taquara

João Alfredo Galle, Paulo Roberto de Aguiar von Mengden

Resumo


O presente trabalho apresenta um estudo de caso desenvolvido com a finalidade de investigar como as Pessoas com Deficiência (PcD) percebem as relações sociais e como enfrentam eventuais dificuldades de adaptação física, de equipamentos e métodos no ambiente de trabalho nas empresas do município de Taquara/RS. A metodologia utilizada na pesquisa foi exploratório-descritiva, com abordagem qualitativa, a partir de estudo de caso em sete empresas de diversos segmentos e com mais de cem empregados. Os questionários foram aplicados de forma unilateral e respondidos por 22 PcDs que trabalham dentro das organizações investigadas. A seleção foi uma amostragem não probabilística. A partir dos resultados encontrados, verificou-se que o grau de escolaridade das PcDs é baixo. Também se constatou que, na visão das Pessoas com Deficiência, as relações sociais não são afetadas por eventuais dificuldades físicas, por falta de equipamento ou métodos apropriados no ambiente de trabalho. Quando existem, as dificuldades são superadas em função do respeito mútuo dentro do ambiente das empresas pesquisadas. Os resultados positivos encontrados no estudo demonstram que as diferenças são superadas pelo bom relacionamento: pois as PcDs não encontram barreiras, sentem-se acolhidas e integram-se facilitando o convívio com os colegas.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT NBR 9050. Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Disponível em:. Acesso em: 15 maio 2015.

ACESSIBILIDADE BRASIL. 2011.Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2015.

AMARO, Ana Lúcia Hage. Familiar com Deficiência, centro do tudo?.2002. Disponivel em:. Acesso em: 19 maio 2015.

BRASIL. Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6949.htm>. Acesso em: 19 mar. 2015.

______. Decreto Legislativo nº 186, de 2008. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Disponível em:

/Constituicao/Congresso/DLG/DLG-186-2008.htm>. Acesso em: 19 mar. 2015.

______. Dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência, sua integração social - Lei nº 7853, de 24 de outubro de 1989. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2015.

______. Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências - Lei 8.213, de 24 de junho de 1991. Disponível em:. Acesso em: 19 mar. 2015.

______. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências - Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990. Disponível em: . Acesso em: 20 mar.2015.

______. Dispõe sobre o apoio às pessoas portadoras de deficiência, sua integração social, sobre a Coordenadoria Nacional para Integração da Pessoa Portadora de Deficiência - Lei 7.853, de 24 de outubro de 1989. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2015.

______. Emenda Constitucional n° 65, de 13 de julho de 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 maio 2015.

______. Estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências - Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L10098.htm>. Acesso em: 21 mar. 2015.

______. Ministério do Trabalho e Emprego. Disponível em:< http://portal.mte.gov.br/imprensa/numero-de-pessoas-com-deficiencia-cresce-no-mercado-de-trabalho-em-2010.htm>. Acesso em: 20 mar. 2015.

______. Promulga a Convenção Interamericana para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Pessoas Portadoras de Deficiência - Lei 3.956, de 08 de outubro de 2001. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2001/d3956.htm>. Acesso em: 18 mar.2015.

______. Resolução n° 1, de 15 de outubro de 2010. Diário Oficial da União. Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Disponível em:< http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/conade/sobre-o-conade/regimento-interno>. Acesso em: 15 de mar.2015.

BRUNO, Marilda Moraes Garcia. Educação Infantil: saberes e práticas da inclusão: dificuldades de comunicação sinalização: deficiência visual. 4. ed. Brasília: MEC. 2006.

CARTILHA DO CENSO 2010. Pessoa com Deficiência. Disponível em: . Acesso em: 25 mar. 2015.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE BANCOS - FEBRABAM. População com deficiência no Brasil fatos e percepções. 2006. Disponível em: . Acesso em: 03 abr. 2015.

COORDENADORIA NACIONAL PARA INTEGRAÇÃO DA PESSOA PORTADORA DE DEFICIÊNCIA - CORDE. Disponível em:. Acesso em: 25 mar. 2015.

DEFICIENTE. Empresas procuram deficientes para cumprir leis de cotas. Disponível em: . Acesso em: 18 out. 2015.

FREITAS, Vera. Maria Trindade. Acessibilidade nos Espaços Físicos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe. 2009. Disponivel

em:. Acesso em: 25 mar. 2015.

GABRILLI, Mara. Rede Saci.2007 Disponível em:< http://saci.org.br/?modulo= akemi&parametro=20968>. Acesso em: 21 mar. 2015.

GARCIA, Vera. Conheça a diferença conceitual entre inclusão e integração. 2011. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2015.

GIL, Antonio Carlos. Metodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 mar. 2015.

GLAT, Rosana. Revista Brasileira de Educação Especial. Disponível em:. Acesso em: 18 maio 2015.

GRAEL, Lars. UNIP, Universidade Paulista. 2015. Disponível em: http://www.unip.br/comunicacao/exibe_noticia.asp?id=3715>. Acesso em: 19 out. 2015.

______. Disponivel em: . Acesso em: 23 out. 2015.

GRINGS, Jacques Andre. Gestão da diversidade: uma abordagem com enfoque nas pessoas com deficiência. (Graduação) - Curso de Administração das Faculdades Integradas de Taquara, Taquara, 2013.

HERC. Uma comunidade com oportunidades iguais para pessoas diferentes. 2014. Disponível em:

CDs_.pdf>. Acesso em: 18 out. 2015.

IMPRENSA NACIONAL. Convenção Interamericana para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Pessoas Portadoras de Deficiência. Brasilia, 2001. Disponivel em: < http://www.usp.br/drh/novo/legislacao/dou2001/df3956.html>. Acesso em: 18 mar. 2015.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GROGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Disponivel em:. Acesso em: 20 mar. 2015.

I SOCIAL. Expectativas e percepções sobre a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.Disponivel em:

prof_rh-expectativas_percepcoes_mercado_trabalho.pdf>. Acesso em: 21 mar. 2015.

KRUMENAUER, Patrícia. Inclusão de portador de necessidades especiais nas empresas. Estudo de casos múltiplos no município de Riozinho. Monografia (Graduação) - Curso de Administração das Faculdades Integradas de Taquara, Taquara, 2010.

MAY, Tim. Pesquisa Social: questões métodos e processos. 2004. 3. ed. Porto Alegre: Artmed. Disponível em:< http://minhateca.com.br/action/SearchFiles>. Acesso em: 29 mar. 2015.

MEDEIROS, Marcelo. Diniz, Debora. A nova maneira de se entendera a deficiencia e o envelhecimento.Brasilia. 2004. Disponível em: . Acesso em: 08 de jun. 2015.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC. Declaração dos Direitos das Pessoas com Deficiência. Disponível em:

pdf>.Acesso em: 17 mar. 2015.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO - MTE. A Inclusão das Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho. 3.ed. Brasilia, 2009.

______. Número de pessoas com deficiência cresce no mercado de trabalho em 2010. Disponível em:< http://portal.mte.gov.br/imprensa/numero-de-pessoas-com-deficiencia-cresce-no-mercado-de-trabalho-em-2010.htm>. Acesso em: 20 mar. 2015.

NERI, Marcelo. Retrato da deficiência no Brasil. Rio de Janeiro: FGV/IBRE,

ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DO TRABALHO - OIT. Conferência Internacional do Trabalho. Convenção 159 sobre Reabilitação profissional e Emprego de Pessoa Deficiente. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2015.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE - OMS. Disponível em:. Acesso em: 20 mar. 2015.

______.Relatório mundial sobre a deficiência / Pessoa com deficiência - São Paulo: SEDPcD, 2012. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2015.

PACIEVITCH, Thais. Inclusão social. Info Escola. Disponível em:. Acesso em: 22 out. 2015.

PASTORE, José. O trabalho dos portadores de deficiência – I. 2000. Disponivel em: < http://www.josepastore.com.br/artigos/em/em_091.htm>. Acesso em: 24 mar. 2015.

_____. Oportunidades de Trabalho para Portadores de Deficiência. São Paulo: Ltr, 2000.

PEREIRA, Ana Cristina Cypriano; PASSERINO, Liliana. Um estudo sobre o perfil dos empregados com deficiência em uma organização. 2012. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-65382012000200006>. Acesso em: 04 jul. 2015.

RACHEL, Lucimar Azevedo; MARTINS, Aretha Henrique. Cultura e clima organizacional como estratégia de impacto no desempenho. Disponível em: http://www.machadosobrinho.com.br/revista_online/publicacao/artigos/Artigo04REMS4.pdf Acesso em: 20 out. 2015.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: Construindo uma sociedade para todos. Rio de Janeiro: WVA, 1997.

______.Necessidades especiais. 2003. Disponível em:. Acesso em: 20 mar. 2015.

______. Como chamar as pessoas que têm deficiência? 2009. Disponível em:. Acesso em: 02 abr. 2015.

______.Necessidades especiais. 2010. Disponível em:. Acesso em: 20 mar. 2015.

SERRANO, Claudia; BRUNSTEIN, Janettte. O Gestor e a Pcd: Reflexões Sobre Aprendizagens e Competências na Construção da Diversidade nas Organizações. 2011. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/read/v17n2/03.pdf>. Acesso em: 21 mar. 2015.

SEVERINO, Antonio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez. 2007

SILVA, Maria Isabel da. Por que a terminologia “pessoa com deficiência”? 2011. Disponivel em: < http://www.prograd.uff.br/sensibiliza/por-que-terminologia-pessoas-com-deficiencia>. Acesso em: 04 abr. 2015.

SILVA, Maria Odete Emygdio da. Da Exclusão à Inclusão: Concepções e Práticas. Lusófona de Educação. Lisboa, n.13, 2009. Disponível em: . Acesso em: em 20 out. 2015.

SILVA, Otto Marques. A epopéia ignorada: a pessoa deficiente na história do mundo de ontem e de hoje. São Paulo: CEDAS,1987. Disponivel em: . Acesso em: 15 mar. 2015.

SONZA, Andréa Poletto et al. (Org.) Acessibilidade e tecnologia assistida: pensando a inclusão sociodigital de PNEs. 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 jun. 2015.

VITAL, Flavia Maria de Paiva. Mobilidade urbana sustentavel e Inclusiva. 2007. Disponivel em: . Acesso em: 20 maio 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.