A EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: UM OLHAR PARA AS PERCEPÇÕES DE ESTUDANTES, PROFESSORES E RESPONSÁVEIS DE ESCOLAS DO VALE DO PARANHANA – RS SOBRE OS IMPACTOS NAS PRÁTICAS ESCOLARES

Andressa Fernanda de Oliveira Strutzki Zimer, Camila Quadros da Silva, Paula Eduarda Haag, Maria Eugênia Reis, Tainara Kaminski Alves, Luciane Maria Wagner Raupp

Resumo


Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa quali-quantitativa aplicada a professores, pais e estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas do Vale do Paranhana – RS, no mês de maio de 2020, acerca dos impactos do distanciamento social sobre as práticas escolares. Esta pesquisa fez parte de um estudo realizado no componente curricular Práticas Educacionais, das Faculdades Integradas de Taquara – Faccat/RS, ministrada pela Professora Luciane Maria Wagner Raupp. Na pesquisa, evidenciou-se que professores utilizaram, para comunicação com os alunos, suas redes sociais particulares, sem maiores suportes por parte das redes de ensino. Também se verificou que as relações entre família e escola encontravam-se tensionadas, com inversão de papéis. Somando-se a isso, perceberam-se sentimentos de pesar por parte de professores e estudantes, que apontaram para a importância do olhar e da presencialidade nas relações.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTÉRIO, Djavan. A importância do olhar na relação comunicativa entre professor e

aluno. Revista Temas em Educação, João Pessoa, v. 23, n. 2, p. 234-248, 2014.

BRASIL. Decreto no 9.057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da lei no

394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da

educação nacional. Diário Oficial da União [República Federativa do Brasil],

Brasília, DF, 26 maio 2017. Seção 1, p. 3.

______. Portaria n° 2.167, de 19 de dezembro de 2019. O MINISTRO DE ESTADO

DA EDUCAÇÃO, Substituto, no uso da atribuição que lhe confere o art. 87,

parágrafo único, inciso II, da Constituição, tendo em vista o disposto no art. 2o da Lei

no 9.131, de 24 de novembro de 1995, e conforme consta do Processo no

040581/2018-55, resolve:. Diário Oficial da União [República Federativa do

Brasil], Brasília, DF, 20 dez. 2019. Seção 1, p. 142.

LOUREIRO, Marta Assis. Relação família-escola: educação dividida ou partilhada?.

Jornal Internacional de Psicologia Educacional e do Desenvolvimento, Badajoz,

v. 3, n. 1, p. 103-113, 2017. Disponível em:

https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=349853365011 Acesso em: 19 nov. 2020.

SARAIVA-JUNGES, Lisiane Alvim; WAGNER, Adriana. Os estudos sobre a Relação

Família-Escola no Brasil: uma revisão sistemática. Educação, v. 39, n. Esp. p. 114-

, dez. 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=84850103013.

Acesso em: 20 nov. 2020.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma

teoria da docência como profissão de interações humanas. Tradução de João

Batista Kreuch. Rio de Janeiro: Vozes, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.