A ESCOLA EM TEMPOS DE PANDEMIA: UM ANO DE INCERTEZAS

Paula Maristela Teleken, Marlene Soder Ressler

Resumo


O presente estudo resulta de um trabalho proposto no Componente Curricular Estágio Supervisionado do curso de Pedagogia das Faculdades Integradas de Taquara, que ocorreu no primeiro semestre de 2020, em plena pandemia. Teve como objetivo analisar e compreender como uma escola do Vale do Paranhana, por meio de sua gestão, organizou-se para que alunos e professores pudessem dar sequência a seus estudos e a seus aprendizados, bem como saber como o professor e o gestor desse educandário têm se sentido diante desse processo vivenciado com relação a mudanças advindas com a Covid 19. Por se tratar de uma pesquisa exploratória, foram entrevistados, pelo aplicativo Whatsapp, dois profissionais da educação, sendo um professor e um diretor de escola. Os dados coletados apontaram uma ideia da situação de incertezas e desafios que a escola está vivendo neste ano letivo de 2020. Após a análise do estudo, pode-se dizer que a escola precisa adaptar-se a esse novo modelo, integrando-se muito mais com as famílias. Além disso, o professor precisa mudar suas metodologias de ensino, utilizando diferentes estratégias tecnológicas, apontando que todos devem reinventar-se diariamente.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, Aída Linhares et al. A Gestão da Escola. Porto Alegre: Artmed Rede

Pitágoras, 2004.

CUNHA, Maria Isabel. Conta-me agora! As narrativas como alternativas pedagógicas

na pesquisa e no ensino. Revista da Faculdade de Educação, São Paulo, v. 23, n.

-2, jan./dez. 1997. Disponível em:

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-25551997000100010.

Acesso em: 17 nov. 2020.

DIÁLOGOS – VIAGENS PEDAGÓGICAS. Mensagem de Antônio Nóvoa. São

Paulo, 4 abr. 2020. Facebook: dialogosviagenspedagogicas. Disponível em:

https://www.facebook.com/dialogosviagenspedagogicas/videos/mensagem-de-

ant%C3%B4nio-n%C3%B3voa/693336394773962/. Acesso em: 7 abr. 2020.

LÜCK, Heloísa. A Gestão participativa na escola. Petrópolis, RJ. Ed. Vozes, 2008.

MARCHESI, Álvaro; GIL, H. Carlos. Fracasso Escolar – uma perspectiva

multicultural. Porto Alegre: ARTMED, 2004.

NÓVOA, Antonio. Aprendizagem não é saber muito. 2015. Disponível em:

https://www.sinprodf.org.br/antonio-novoa-aprendizagem-não-e-saber-muito/.

Acesso em: 27 set. 2020.

PAROLIM, Isabel. As dificuldades de aprendizagem e as relações familiares.

Fortaleza, 2003.

RESZKA, Maria de Fátima. Angústia docente. In: FUHR, M.J. (Org.). Sob a espada

de Dâmocles – Relação dos professores com a docência e o ambiente de trabalho

no ensino privado. Porto Alegre: Carta Editora, 2013.

SOUZA, Maria Ester do Prado. Família/Escola: A importância dessa relação no

desempenho escolar. 2009. Disponível em:

http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1764-8.pdf. Acesso em:

jun. 2020.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.