“TODO O REINO DIVIDIDO CONTRA SI MESMO É DEVASTADO”: ESCOLAS E COMUNIDADES COMO ESPAÇOS DE DISPUTAS DE PODER NO INTERIOR DO SÍNODO RIO-GRANDENSE

Rodrigo Luís dos Santos

Resumo


Nosso objetivo, neste artigo, é analisar as relações e conflitos envolvendo pastores e professores que atuaram entre 1886 e 1914 em comunidades associadas ao Sínodo Rio-grandense, órgão dirigente da Igreja Evangélico-Luterana no Rio Grande do Sul. Buscamos, com isso, compreender as disputas por espaço e poder no cerne desSes núcleos sociais, assim como estabelecer uma conexão entre objetivos políticos, religiosos e educacionais e sua dinâmica de interação no ambiente cotidiano destas comunidades.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Isabel Cristina. Educação, Religião e Identidade Étnica: o Allgemeine Lehrerzeintung e a escola evangélica alemã no Rio Grande do Sul. São Leopoldo: Oikos, 2008.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 1998.

______. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

COUTROT, Aline. Religião e política. In: RÉMOND, René (org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: Editora UFRJ/Fundação Getúlio Vargas, 1997.

DREHER, Martin N. Igreja e Germanidade. São Leopoldo: Editora Sinodal, 1984.

DREHER, Martin N. (org.). Populações Rio-Grandenses e Modelos de Igreja. Porto Alegre: Edições EST / São Leopoldo: Sinodal, 1998.

DUMMER, Cecília et al. Vera Cruz: tempo, terra e gente. Vera Cruz: LupaGraf, 2009.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Organização e tradução de Roberto. Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979.

GERTZ, René E. O aviador e o carroceiro: política, etnia e religião no Rio Grande do Sul dos anos 1920. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002. (Coleção História; 50).

HERKENHOFF, Elly; HERKENHOFF, Rosa (orgs.). Famílias Brasileiras de Origem Germânica. Vol. VI. São Paulo: Instituto Hans Staden, 1975.

KREUTZ, Lúcio. O Professor Paroquial: magistério e imigração alemã. Porto Alegre: Ed. da Universidade UFRGS/ Florianópolis: Ed. UFSC / Caxias do Sul: EDUCS, 1991.

RÉMOND, René (org.). Por uma história política. Rio de Janeiro: Editora UFRJ/Fundação Getúlio Vargas, 1997.

SANTOS, Rodrigo Luis dos. Tramas enlaçadas: política, religião e educação no Rio Grande do Sul da primeira metade do século XX. Porto Alegre: Editora Fi, 2018.

SANTOS, Rodrigo Luis dos. Entre a cruz e a espada, entre a fé e o poder: imigração, política e religião no Rio Grande do Sul do início do século XX. In: Caroline von Mühlen; Rodrigo Luis dos Santos; Welington Augusto Blume (Orgs.). Releituras e Caminhos: possibilidades interpretativas no campo migratório. Porto Alegre: Editora Fi, 2018.

TRAMONTINI, Marcos Justo. Organização Social dos Imigrantes: A Colônia de São Leopoldo na fase pioneira (1824-1850). São Leopoldo: UNISINOS, 2003.

WITT, Osmar. Igreja na migração e colonização: a pregação itinerante no Sínodo Rio-grandense. São Leopoldo: Sinodal, 1996. (Série Teses e Dissertações, n. 8).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.