Conflitos éticos no exercício da profissão contábil

Nathalia Gil de Oliveira, Wilson Medeiros Rodrigues

Resumo


Devido a grandes discussões sobre ética profissional, surgiu o questionamento sobre a profissão contábil: esta profissão também passa por problemas éticos? Com o objetivo de identificar se existem profissionais que agem de forma antiética de acordo com o código de ética do contador no município de Santo Antonio da Patrulha, foi aplicada uma pesquisa qualitativa e quantitativa com um questionário contendo 10 (dez) questões fechadas a 37 (trinta e sete) profissionais do município que significam 40,66% da totalidade. Os resultados mostraram que existem, em um percentual pequeno, profissionais antiéticos que colocam em primeiro lugar os interesses do cliente, e outros que apenas não utilizam o código de ética por acharem desnecessária sua aplicação. Porém, este profissional está na iminência de ser substituído por outro mais qualificado e que observa a ética. Certamente estes profissionais éticos serão cogitadíssimos pela sociedade, visto que a fiscalização está cada vez mais rigorosa e cobrando um contador ético e competente.


Texto completo:

PDF

Referências


COELHO, Cláudio Ulysses F. O técnico em contabilidade e o mercado de trabalho: contexto histórico, situação atual e perspectivas. Disponível em: Acesso em: 08/08/2013.

COLLIS, Jill. HUSSEY, Roger. Pesquisa em administração. 2. ed. São Paulo: Bookman, 2005.

CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO RIO GRANDE DO SUL. Código de ética profissional. Porto Alegre: CRCRS, 2011.

______. Lei orgânica da profissão contábil, código de ética e princípio contábeis. Porto Alegre: CRCRS, 2010.

CORAZZA, Luiz Henrique da Silva. MORAES Lucimeire. GARCIA, Marina Menezes.

SOUZA, Ronaldo Silva de. LOPES, Vagner. O perfil do contador brasileiro no século XXI. Disponível em: . Acesso em: 09/08/2013.

GRUNER, John W. A profissão contábil em uma economia de mercado – a pedra angular da ética. Revista do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v.23, n.76, p.41-48, jan/mar. 1994.

KRAEMER, Maria Elizabeth Pereira. Ética, sigilo e o profissional contábil. Disponível em:

revista/article/view/175/169>. Acesso em: 06/08/2013.

LAKATOS, Eva Maria. MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

LISBOA, Lázaro Plácido. Ética geral e profissional em contabilidade. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

MACHADO, Lucinéia de Brito. Aplicalidade do código de ética entre os profissionais contábeis de Iguaçuí-ES. Disponível em:

artigos12/58016790.pdf>. Acesso em: 06/04/2013.

NALINI, José Renato. Ética geral e profissional. 10. ed. Afiliada, 2013.

SÁ, Antonio Lopes de. Ética Profissional. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

______. O perfil do contador em nossos dias. Disponível em:

nossos-dias.doc>. Acesso em: 09/08/2013.

SILVA, Antonio Carlos Morais. O código de ética deve mudar? Revista Brasileira de Contabilidade, Brasília, v. 26, n.105, p. 61-63, set/out. 1995.

STUKART, Herbert Lowe. Ética e Corrupção. 1. ed. São Paulo: Nobel 2004.

VARGAS, Otavio Augusto Alves de. Ética Contábil: os limites da responsabilidade do profissional contábil. Disponível em: . Acesso em: 11/03/2013.

ZANCANELA, Janete. Ética e responsabilidade civil da classe contábil: uma abordagem aos profissionais de contabilidade do município de Juína-MT. Disponível em: . Acesso em: 11/03/2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.