Proposta de modelo de procedimentos operacionais e administrativos direcionado à contabilidade ambiental

Dalila Bernardi, Paulo Roberto de Aguiar Von Mengden

Resumo


A Contabilidade é a ciência que tem como objeto de estudo o patrimônio das entidades e suas variações. O tema deste trabalho é a proposta de desenvolvimento de um modelo de procedimentos operacionais e administrativos sobre contabilidade ambiental. Os objetivos deste artigo são: propor um modelo de procedimentos operacionais e administrativos para avaliação e registro de passivos ambientais em uma organização empresarial industrial; identificar e descrever os principais efeitos ambientais das práticas empresariais, possíveis geradoras de passivos ambientais; e descrever as Normas e Recomendações do Conselho Federal de Contabilidade e dos Órgãos Normativos Governamentais. Para alcançar os objetivos, realizou-se uma pesquisa aplicada de caráter descritivo e exploratório, procedimento bibliográfico e documental e entrevista. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa e a análise foi feita com base na análise de conteúdo. Os principais resultados apontaram que o Modelo de Procedimentos Operacionais e Administrativos Direcionado à Contabilidade Ambiental é aplicável às Organizações Empresariais. A indústria, onde foi validado o modelo, considera a contabilidade ambiental como importante ferramenta de gestão e pretende criar um projeto de gestão ambiental.


Texto completo:

PDF

Referências


ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. Disponível em: Acessado em: 12 Abr. 2016.

ABREU, Igor de Almeida; AQUINO, Afonso Rodrigues de; ALMEIDA, Josimar Ribeiro de. Análise de Sistema de Gestão Ambiental: ISO 14000, ICC, EMAS. Organizadores. Rio de Janeiro: Thex, 2008.

ANTUNES, Cleber do Carmo. Sociedade Sustentável: a responsabilidade da contabilidade. Anais do XI Congresso brasileiro de Contabilidade. Goiânia: CFC, 2000.

BARBIERI, José Carlos. Gestão ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. São Paulo: Saraiva, 2004.

______. Gestão Ambiental Empresarial. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2007.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BELLO, Ubyrajara Brasil Dal. Metodologia da pesquisa aplicada. Taquara/RS, Polígrafo da disciplina de metodologia da pesquisa aplicada, Faculdades Integradas de Taquara - Faccat, 2014.

BEUREN, Ilse Maria (Org). Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006. 195 p.

BNDS – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Relato social. Disponível em: Acessado em: 18 de Maio 2016.

BRASIL. Lei no 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 23 Abr. 2016.

______. Lei no 11.638, de 28 de dezembro de 2007. Altera e revoga dispositivos da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e da Lei no 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e estende às sociedades de grande porte disposições relativas à elaboração e divulgação de demonstrações financeiras. Disponível em: . Acesso em: 24 Out. 2016.

______. Decreto no 6.856, de 25 de maio de 2009. Regulamenta o art. 206-A da Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990 – Regime Jurídico Único, dispondo sobre os exames médicos periódicos de servidores. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6856.htm>. Acesso em: 20 Out. 2016.

CARVALHO, Gardência Maria Braga de. Contabilidade Ambiental: teoria e prática. Curitiba: Juriá, 2007.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE – CFC . NBCT 15. Disponível em: Acesso em: 03 Abr. 2016.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA. Resolução no 237, de 19 dezembro de 1997. Disponível em: Acesso em: 06 Jul. 2016.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA. Resolução Conama no 01, de 1986. Disponível em: . Acesso em: 06 Jul. 2016.

EMBRAPA – Empresa Brasileira Agropecuária – Disponível em: . Acesso em: 06 Abr.2016.

FARIA, Wilson de. Mapas conceituais: aplicações ao ensino, currículo e avaliação. São Paulo: EPU - Temas Básicos de Educação e Ensino, 1985.

FEPAM – Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler – RS. Disponível em: . Acesso em: 06 Jul. 2016.

FERREIRA, Araceli Cristina de Souza. Contabilidade Ambiental: uma informação para o desenvolvimento sustentável. São Paulo: Atlas, 2006.

FREITAS, D. P. da S. OLEIRO, W. N. Contabilidade Ambiental: a evidenciação nas demonstrações financeiras das empresas listadas na BM&FBOVESPA. São Paulo: Atlas, 2011.

GERHARDT, Tatiana Engel et. al. Estrutura do projeto de pesquisa. In: GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009. p. 65-88.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HANSEN, P., MOWEN, M.M. Gestão de custos: contabilidade e controle. São Paulo: Editora Pioneira, 2003.

IUDICIBUS, Sérgio. Teoria da Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2000.

KRAEMER, Maria Elisabeth Pereira. Passivo Ambiental. Disponível em: Acesso

em: 03 Abr. 2016.

______. Contabilidade ambiental: relatório para um futuro sustentável, responsável e transparente. Revista Pensar Contábil, Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Rio de Janeiro, RJ, ano 8, p. 16-41, ago./out. 2005. Disponível em: Acesso em: 23 Abr. 2016.

MACHADO, Paulo Afonso Leme. Meio Ambiente: as 17 leis ambientais do Brasil. Disponível em: . Acesso em: 30 Mar. 2016.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTINS, Eliseu. LUCA, Márcia M. M de. Ecologia via Contabilidade. Revista Brasileira de Contabilidade, no 86, Março/1994.

MARTINS, Gilberto de Andrade. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008

MOREIRA, Marco Antônio. Mapas conceituais. Porto Alegre: URRGS. Cad. Cat. Ens. Fis., Florianópolis, v. 3, n. 1, pag. 17-25, abr. 1986. Disponível em: Acessado em: 24 Abr. 2016.

NBR ISO 14001. Disponível em: Acessado em 12 Abr. 2016.

PAIVA, Paulo Roberto de. Contabilidade ambiental: evidenciação dos gastos ambientais com transparência e focada na prevenção. São Paulo: Atlas, 2003

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do Trabalho Científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo, RS: Feevale, 2013.

RIBEIRO, Maisa de Souza. Contabilidade Ambiental. São Paulo: Saraiva, 2006.

______; LISBOA, Lázaro Plácido. Balanço Social. Revista Brasileira de Contabilidade. Brasília - DF: ano 28, no 115, p.72-81, jan/fev.1999.

______; LISBOA, Lázaro Plácido. Passivo Ambiental. Revista Brasileira de Contabilidade: trabalhos técnicos premiados no XVI CBC, ano XXIX n° 126, novembro/dezembro 2000.

______; MARTINS, Eliseu. Ações das empresas para a preservação do meio ambiente. Boletim n° 415 da ABRASCA - Associação Brasileira das Companhias Abertas, 28/09/98.

SÁ, Lopes de. Dicionário de Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2005.

SANTOS, Paulo R. dos; SOUZA, Leonice D. de. Contabilidade Ambiental: uma contribuição da ciência contábil à sustentabilidade da gestão ambiental. Disponível em: Acessado em: 24 Abr. 2016.

SEIFFERT, Mari Elizabete Bernardini. ISO 14001 sistemas de gestão ambiental: implantação objetiva e econômica. 3. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2009.

SILVEIRA, Denise Tolfo; CÓRDOVA, Fernanda Peixoto. A pesquisa científica. In: GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo (Orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009. p. 31-42.

TEIXEIRA, Luciano Guerra de Almeida. A Contabilidade Ambiental: a busca da ecoeficiência. In: Congresso Brasileiro de Contabilidade, 11, 2000, Goiânia. Anais... Goiânia: CFC, 2000.

TINOCO, João Eduardo Prudêncio; KRAEMER, Maria Elisabeth Pereira. Contabilidade e gestão ambiental. São Paulo: Atlas, 2004.

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Cartilha de Licenciamento Ambiental. Disponível em: Acesso em: 06 Jul. 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.