Contabilometria: a aplicabilidade dos métodos quantitativos no processo de gestão em uma empresa de transporte rodoviário de cargas da cidade de Igrejinha/RS e análise do conhecimento dos colaboradores sobre o assunto

Cristina Schefer Rolim, Paulo Eduardo Rosselli Wünsch

Resumo


A Contabilometria faz uso de métodos quantitativos aplicados, que geram informações que podem servir de apoio à tomada de decisão. É necessário que o contador aprimore seus conhecimentos para auxiliar o administrador em seu processo de gestão, onde a contabilidade gerencial entra em ação apresentando dados relevantes à organização; desta forma, os métodos quantitativos tornam-se ferramentas de apoio para este processo. O objetivo desta pesquisa foi mostrar como os métodos quantitativos e a Contabilometria podem auxiliar no processo de decisão e gestão de uma empresa. Atualmente, a Contabilometria possui poucas referências bibliográficas utilizando-se deste termo, com isso, esta pesquisa buscou, através de livros de estatística voltados para a administração, economia e contabilidade, informações que contribuem para a compreensão do assunto. Além da pesquisa bibliográfica, buscou-se, através de entrevista com profissionais de diversos setores de uma empresa de transporte rodoviário de Igrejinha-RS, saber o nível de conhecimento dos entrevistados sobre o assunto, tendo resultado satisfatório, pois permite perceber que os métodos quantitativos estudados, como amostragem, séries temporais e simulação, já fazem parte da rotina de alguns profissionais.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, David R.; SWEENEY, Dennis J.; WILLIAMS, Thomas A. Estatística Aplicada à administração e economia. 2ª edição. São Paulo: CengageLearning, 2008.

BOUZANA, Marco Aurélio Carino; JANSEN, Corso...[et al.] Métodos quantitativos aplicados a casos reais. 1ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

CORRAR, Luiz J.; THEÓPHILO, Carlos Renato. Pesquisa Operacional para decisão em contabilidade e administração: Contabilometria. 2ª edição. São Paulo, Atlas, 2014

CHWIF, Leonardo; MEDINA, Afonso C. Modelagem e simulação de eventos discretos: teoria & aplicações. 2ª edição rev. São Paulo, Editora do autor, 2007.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3ª edição. Porto Alegre: Artned, 2010.

FREUND, John E. Estatística aplicada: economia, administração e contabilidade. Tradução Claus Ivo Doering. 11ª edição. Porto Alegre, Bookmann, 2006.

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade Gerencial. 5ª edição. São Paulo, Atlas, 1995.

JIAMBALVO, James. Contabilidade Gerencial. 1ª edição. Rio de Janeiro, LTC-Livros Técnicos e Científicos Editora S.A., 2002.

LARSON, Ron; FARBER, Betsy. Estatística Aplicada. 4ª edição. São Paulo: Pearson Prentice Hall,2010.

MARTINS, Gilberto de Andrade; DOMINGUES, Osmar. Estatística Geral e aplicada. 4ª edição. São Paulo, Atlas, 2011.

PINTO, Kleber Carlos Ribeiro. Aprendendo a decidir com a pesquisa operacional. 2ª edição. Uberlândia: EDUFU, 2008.

PRADO, Darci Santos do. Teoria das filas e da simulação. 2ª edição. Nova Lima, INDG tecnologia e Serviços Ltda, 2006.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2ª edição. Novo Hamburgo: FEEVALE, 2013.

RENDER, Barry; STAIR, Ralph; HANNA, Michael E. Análise Quantitativa para Administração, 10ª edição. Porto Alegre: Bookman, 2010.

SIQUEIRA, José de Oliveira. Fundamentos de métodos quantitativos: aplicados em administração, economia, contabilidade e atuária: usando wolfram/ alpha e scilab. 1ª edição. São Paulo: Saraiva, 2011

http://www.fundata.org.br/legislacao/Normas_Contabeis/ResCFC_785_1995.htm, Resolução CFC nº 785/95, acesso no dia 07/04/2015, às 21h15min.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.