Impacto das obrigações acessórias no trabalho dos escritórios de contabilidade do Vale do Paranhana/RS - estudo de caso

Silvia Roberta Stein, Paulo Roberto de Aguiar von Mengden

Resumo


Os escritórios de contabilidade possuem cada vez menos tempo para se dedicarem ao assessoramento contábil e suas funções de escrituração em decorrência das inúmeras e complexas obrigações acessórias impostas pelo fisco às empresas. E isto reflete diretamente no resultado final de seus trabalhos. Diante disto, houve a necessidade de estudar qual o impacto que estas obrigações acessórias causam no volume de trabalho dos escritórios de contabilidade. Este artigo apresenta o resultado de uma pesquisa qualitativa, de natureza exploratória descritiva, realizada junto aos escritórios de contabilidade localizados no Vale do Paranhana/RS, através de um questionário contendo questões subjetivas e descritivas, entregue através de e-mail e de forma presencial aos contadores e técnicos contábeis membros da ACON – Associação dos Contabilistas do Vale do Paranhana. O resultado alcançado demonstrou que, de fato, as obrigações acessórias atrapalham, e muito, o trabalho dos escritórios de contabilidade, que poderiam ocupar este tempo despendido prestando outros serviços mais qualificados a seus clientes.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei no 5.172, de 25 de outubro de 1966. Dispõe sobre o Código Tributário Nacional. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2014.

CRCRS – Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul. Lei Orgânica da Profissão Contábil, Código de Ética e Princípios Contábeis. 1. ed. Porto Alegre: 2010.

DOCE, Valério. A importância da escrituração contábil em uma entidade futebolística. Disponível em: < http://www.administradores.com.br/artigos/carreira/a-importancia-da-escrituracao-contabil-em-uma-entidade-futebolistica-valeriodoce-esporte/50419/>. Acesso em: 11 abr. 2014.

FACCAT. Manual para a elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos. Taquara: Faccat, 2013. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2014.

FACCAT. Manual para a elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos. Taquara: Faccat, 2014. Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2014.

FEDATO, G. A. L.; REHN, A.; ALMEIDA, E. I. O planejamento estratégico em empresas de serviços contábeis. Revista Contabilidade e Amazônia, 2. ed., v. 2, n. 1, p. 44-55, 2009.

FRANCO, Hilário. A Contabilidade Geral. São Paulo: Atlas, 2006.

GIL, Antonio Carlos. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HENRIQUE, M. A.; TADEUCCI, M. S. R.; SANTOS, I. C.; RICCI, F. Desafios na administração de empresas de serviços contábeis: da importância da profissão aos desafios atuais. In: ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, n. 13, 2009, São Paulo: Anais... São Paulo: INIC, 2009.

JORNAL DO COMÉRCIO, Caderno JC Contabilidade no 34. Fala Profissional. Porto Alegre, 15 de janeiro de 2014.

JUNIOR, José Mauro de Oliveira. Obrigações Tributárias Acessórias, 2014. Disponível em:. Acesso em: 19 set. 2014.

MTE – Ministério do Trabalho e Emprego. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2014.

MARCONI, Marina de Andrade. LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do Trabalho Científico. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MORAES, Luciana Silva; DA SILVA, Fernando Linhares; DA SILVA, Adriela Fernanda Miranda. O Impacto do Sped e as novas obrigações acessórias nos Escritórios Contábeis na cidade de Barreiras-Bahia, 2012. Disponível em:. Acesso em: 14 jul. 2014.

RFB - Receita Federal do Brasil. Disponível em: Acesso em: 14 jul. 2014.

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Geral. Saraiva, 2002.

SÁ, A. L.; SÁ, A. M. L. Dicionário de Contabilidade. São Paulo: Atlas, 1995.

SANTOS, José Luiz dos; SCHMIDT, Paulo; GOMES, José Mário Matsumura; FERNANDES, Luciane Alves. Introdução à Contabilidade. São Paulo: Atlas, 2003.

SEFAZ RS – Secretaria da Receita Estadual do Rio Grande do Sul. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2014.

SILVA, Lázaro Rosa da; BRITO, Valmir Bezerra de. O Novo Código Civil para Contadores. 2. ed. São Paulo: IOB, 2003.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.