O impacto das novas normas de contabilidade aplicadas ao setor público com enfoque no Vale do Paranhana

Andriela Maciel Duarte, Wilson Medeiros Rodrigues

Resumo


Com a mudança ocorrida na contabilidade das entidades públicas, no Brasil, desde a criação das Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBCASP), no ano de 2008, surgiu o interesse de pesquisar como essa normatização está afetando as Prefeituras do Vale do Paranhana. Por se tratar de uma mudança de comportamento, e de uma realidade nova para os contadores do setor público, esta pesquisa tem por objetivo quantificar o impacto causado nas Prefeituras do Vale do Paranhana com a implantação e adaptação das NBCASP e com o processo de emprego das regras e procedimentos do Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP) no dia a dia de sua contabilidade, visando saber quais mudanças operacionais se fizeram necessárias, quais foram os investimentos gerados com as mesmas, e a previsão de tempo estimado com o processo de convergência aos padrões internacionais. A fim de atingir os objetivos propostos, foi realizada uma pesquisa composta de 15 questões objetivas que foram aplicadas aos contadores de cada uma das prefeituras por meio de uma entrevista presencial. As informações coletadas apontam que 83% das Prefeituras do Vale do Paranhana possuem conhecimento razoável quanto às novas normas. As mudanças nos procedimentos contábeis foram consideradas muito difíceis por 50% dos entrevistados, e trabalhosas pela outra metade. Além disso, foram feitos investimentos em treinamento, assessoria e sistemas de informática e 17% dos entrevistados estimam que ainda levarão de um a dois anos para que estejam com todos os sistemas funcionando em conformidade com as NBCASP.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade Pública na Gestão Municipal. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

ARAÚJO, Inaldo; ARRUDA, Daniel. Contabilidade Pública da teoria à prática. São Paulo: Saraiva, 2007.

BRASIL. Contabilidade Pública. Disponível em:. Acesso em: 10 Mar. 2014.

BRASIL. INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS - IPC 00 – Plano de Transição para Implantação da Nova Contabilidade. 2013. Disponível em: Acesso em: 10 Mar. 2014.

BRASIL. INSTRUÇÕES DE PROCEDIMENTOS CONTÁBEIS - IPC 01 – Transferência de Saldos Contábeis e Controle de Restos a Pagar. 2013. Disponível em: Acesso em 10 Mar. 2014.

BREDA, Zulmir. Regime de Competência no Setor Público é Fundamental. Relatório de Atividades 2010-2013 do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, dez. 2013. p. 11.

CRESWELL, John W. Projeto de Pesquisa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

FLORES, Paulo César. Principais Procedimentos Contábeis na Adoção do Novo Plano de Contas Aplicado ao Setor Público. Revista do Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, v. 17, art. 9, nov. 2013.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas 2010.

IBGE. Censo IBGE 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2013). Disponível em: . Acesso em 14 de jun. 2014.

IFAC – International Federation of Accountants. Disponível em:. Acesso em 19 de jun. 2014.

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública Teoria e Prática. 12. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública Teoria e Prática. 14. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

LIMA, Diana Vaz de. Contabilidade Pública: A nova Contabilidade Pública Municipal. v. 4. Brasília: CNM, 2012.

LIMA, Diana Vaz de; CASTRO, Robison Gonçalves de. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MARCONI, Marina de Andrade. LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARTINS, Gilberto de Andrade. Estudo de Caso, uma estratégia de pesquisa. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

NBCASP-Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público sob a ótica das IPSAS: um estudo comparativo. Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul. Porto Alegre. Out 2013.

Pesquisa Quantitativa e Qualitativa As pesquisas quantitativa e qualitativa se definem a partir da abordagem do problema formulado, visando à checagem das causas atribuídas a ele. Disponível em: Acesso em: 11 abr. 2014.

PISCITELLI, Roberto Bocaccio; TIMBÓ, Maria Zulene Farias. Contabilidade Pública: Uma abordagem da administração financeira pública. 12. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

QUINTANA, Alexandre Costa. et al. Contabilidade Pública. São Paulo: Atlas, 2011.

TORRES, Fernando. Setor Público: Adoção de novas regras passa a valer a partir de 2012. São Paulo: Valor Econômico, Set 2010. Disponível em:. Acesso em: 10 Mar. 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.