OS BENEFÍCIOS FISCAIS OFERECIDOS A PARTIR DA EDIÇÃO DO DECRETO Nº 8.442 / 2015: UM ESTUDO COM OS PRODUTORES DE CERVEJAS ESPECIAIS, LOCALIZADOS NA REGIÃO DE GRAMADO E CANELA/RS

Yonara Oliveira, Francisco José Ecker

Resumo


No presente artigo, são estudados os benefícios fiscais oferecidos aos produtores de cervejas especiais, a partir da edição do decreto nº 8.442, de 29 de abril de 2015. Para isso, teve-se como objetivo identificar e analisar se os produtores, estabelecidos nas cidades de Gramado e Canela – RS, conhecem e usufruem desses benefícios. Também, buscou-se identificar o porte da empresa, o sistema de controle de vazão e o volume de produção. A metodologia para prospecção e análise dos dados foi desenvolvida por meio de uma pesquisa qualitativa, básica, descritiva e de um estudo comparativo, usando como amostra cinco cervejarias, embora apenas três delas tiveram suas informações analisadas. Como resultado da pesquisa, identificou-se que os produtores de cervejas e chopes especiais estudados têm conhecimento do decreto, porém apenas um deles usufrui dos benefícios propostos. Em relação ao custo-benefício, evidenciou-se que é variável, pois quanto maior a quantidade produzida, maior será a redução do custo. Apesar de as várias exigências legais, é viável que as empresas que produzem cervejas e chopes artesanais se enquadrem nos requisitos do decreto. Mesmo que a variação relativa pareça pequena, representa um pouco de alívio em relação à carga tributária exigida sobre as bebidas alcoólicas, que é bastante alta.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRACERVA, Associação Brasileira da Cerveja Artesanal. Número de cervejarias artesanais no Brasil cresce 37,7% em 2017. Disponível em: . Acesso em: 31 mar. 2018.

BORTH, Dieine. Tributação incidente sobre a venda de cerveja artesanal no RS: estudo de caso em uma empresa tributada pelo lucro presumido. Anais X Seminário de Iniciação Científica do Curso de Ciências Contábeis da FSG. Disponível em: < http://ojs.fsg.br/index.php/anaiscontabeis/article/view/2422>. Acesso em: 14 mar. 2018.

BRASIL. Decreto nº 6.871, de 4 de junho de 2009. Regulamenta a Lei no 8.918, de 14 de julho de 1994, que dispõe sobre a padronização, a classificação, o registro, a inspeção, a produção e a fiscalização de bebidas. Disponível em: . Acesso em: 01 abr. 2018.

______. Decreto nº 7.212, de 15 de junho de 2010. Regulamenta a cobrança, fiscalização, arrecadação e administração do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI. Disponível em: . Acesso em: 30 de mai. 2018.

______. Decreto nº 8.442, de 29 de abril de 2015. Regulamenta os art. 14 a art. 36 da Lei nº 13.097, de 19 de janeiro de 2015, que tratam da incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados - IPI, da Contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social - Cofins, no mercado interno e na importação, sobre produtos dos Capítulos 21 e 22 da Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados - Tipi. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2018.

______. Lei nº 10.637, de 30 de dezembro de 2002. Dispõe sobre a não-cumulatividade na cobrança da contribuição para os Programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), nos casos que especifica; sobre o pagamento e o parcelamento de débitos tributários federais, a compensação de créditos fiscais, a declaração de inaptidão de inscrição de pessoas jurídicas, a legislação aduaneira, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 30 de mai. 2018.

______. Lei nº 10.833, de 29 de dezembro de 2003. Altera a Legislação Tributária Federal e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em: 30 de mai. 2018.

CERVBRASIL. Anuário 2016. Disponível em: < http://www.cervbrasil.org.br/paginas/index.php?page=anuario-2015>. Acesso em: 31 mar. 2018.

CRUZ, Henrique. O que é o processo de Pasteurização da Cerveja? . 2016. Disponível em: < http://blog.clubedomalte.com.br/beer-backstage/o-que-e-pasteurizacao-da-cerveja/>. Acesso em: 6 abr. 2018

FABRETTI. Láudio Camargo. Contabilidade Tributária. 11. Ed. São Paulo: Atlas, 2009.

FBHA, Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação. A importância do Mercado Cervejeiro para os segmentos de gastronomia e turismo brasileiros. Anuário 2016. Disponível em: . Acesso em: 6 abr. 2018

GERHARDT, Tatiana Engel; SILV Disponível em: < http://www.cervbrasil.org.br/novo_site/anuarios/CervBrasil-Anuario2016_WEB.pdf>. Acesso em: 6 abr. 2018

EIRA, Denise Tolfo (Orgs). Métodos de Pesquisa. 1. ed. Porto alegre: UFGS, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

______, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2008.

IBOPE. Cerveja é a bebida preferida do brasileiro para comemorações. 2013. Disponível em: . Acesso em 14 mar. 2018.

JUNG, Carlos Fernando. Metodologia para pesquisa e desenvolvimento: Aplicada a Novas Tecnologias, Produtos e Processos. Rio de Janeiro: Axcel, 2004.

MAGRI, Daniel. Cerveja artesanal: tudo o que você precisa saber. 2016. Disponível em: < http://chefcomcerveja.com.br/cerveja-artesanal-tudo-o-que-voce-precisa-saber/>. Acesso em: 6 abr. 2018

MAPA, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A Cerveja no Brasil. 2017. Disponível em: < http://www.agricultura.gov.br/assuntos/inspecao/produtos-vegetal/a-cerveja-no-brasil>. Acesso em: 31 mar. 2018.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Mariana de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

PARANHOS, Pedro. O que é Cerveja Artesanal?. 2017. Disponível em: . Acesso em: 6 abr. 2018

RECEITA FEDERAL DO BRASIL, Instrução Normativa. RFB Nº 1673 de 23 de novembro de 2016: Altera a Instrução Normativa RFB nº 1.432, de 26 de dezembro de 2013, que dispõe sobre o registro especial a que estão sujeitos os produtores, engarrafadores, cooperativas de produtores, estabelecimentos comerciais atacadistas e importadores de bebidas alcoólicas, e sobre o selo de controle a que estão sujeitos esses produtos. Disponível em: . Acesso em: 8 abr. 2018

SAMPAIO, Alexandre. Anuário 2016 de CervBrasil. P. 32-33. Disponível em: < http://www.cervbrasil.org.br/novo_site/anuarios/CervBrasil-Anuario2016_WEB.pdf>. Acesso em: 6 abr. 2018

SEBRAE. Micro cervejarias ganham espaço no mercado nacional. 2015. Disponível em: . Acesso em: 22 mar. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.