Análise dos resultados com a cobrança de clientes inadimplentes da espécie familiar no ano de 2015 na Unimed Encosta da Serra

Mariane Roberta Hack, Jorge Marcelo Wohlgemuth

Resumo


O acesso ao credito tem criado possibilidades para pessoas físicas de adquirir um bem ou consumir algo que é necessário para a sua satisfação pessoal. O recurso disponível para esse consumo está inserido nas diversas formas de pagamento como cartão de crédito, cheque, financiamento, empréstimo, o que por muitas vezes ultrapassa a sua capacidade de pagamento. Além do fácil acesso ao crédito, fatores como a má administração do orçamento familiar e o aumento do desemprego também contribuem para o aumento da inadimplência no país, tornando este assunto de extrema relevância para as empresas. Com isso, o presente estudo tem como principal objetivo a análise dos resultados com a cobrança de clientes inadimplentes da espécie familiar na Unimed Encosta da Serra no ano de 2015. Para a obtenção dos resultados da pesquisa, foi aplicado um questionário aberto, sendo esse encaminhado via e-mail aos funcionários do setor de cobrança da empresa. Com a pesquisa, ficou evidente que a empresa possui uma política de cobrança para os clientes inadimplentes, sendo essa baseada em um cronograma de atividades em que é mensurada a quantidade de clientes contatados nas ações de cobrança, apresentando uma efetividade de 95,51% nos contatos na espécie de planos familiares no ano de 2015.

Texto completo:

PDF

Referências


ANS. ANS edita regras para rescisão ou suspensão por inadimplência. 2015. Disponível em: Acesso em: 27 mar. 2016.

______. Histórico. Disponível em: Acesso em 27 mar. 2016.

______. Súmula Normativa Nº 28, de 30 de novembro de 2015. Disponível em: Acesso em: 27 mar. 2016.

BLATT, Adriano. Cobrança por telefone negociação com inadimplentes. São Paulo: Nobel, 1999.

______. Cobrança: dicas práticas para cobrar e combater a inadimplência. 3. ed. São Paulo: Editora STS, 2000.

BRASIL. Lei que dispõe sobre a proteção do consumidor e dá outras providências. Lei nº 8.078/90, de 11 de setembro de 1990. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 de set. de 1990.

______. Lei que cria a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS e dá outras providências. Lei nº 9961/00 de 28 de janeiro de 2000. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 28 de jan. de 2000.

______. Lei dos planos e seguros privados de assistência à saúde - Lei nº 9656/98, de 3 de junho de 1998. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 03 de jun. de 1998.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1991.

______. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

GITMAN, Lawrence J. Princípios de administração financeira – essencial. 2. ed. Porto Alegre: Bockman, 2001.

GOMES, Carlos Roberto. Gestão de crédito e cobrança: introdução à gestão de riscos: ênfase em cadastro, crédito e cobrança. 1 ed. Santa Cruz do Rio Pardo, SP: Editora Viena, 2013.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento, elaboração, análise e interpretação de dados. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

______. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

MARTIN, Célio Luiz Müller. recuperação de créditos: estratégias e soluções para a inadimplência. São Paulo: Érica, 1997.

MARTINS, Gilberto de Andrade. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

SANTOS, Jose Odálio dos. Analise de crédito: empresas, pessoas, físicas, varejo, agronegócio e pecuária. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

SERASA. Inadimplentes batem recorde histórico: 59 milhões começam o ano no vermelho. Disponível em: Acesso em: 12 mar. 2016.

SERRA, Unimed Encosta da. Quem somos. Disponível em: Acesso em: 26 mar. 2016.

SILVA, Rubens Filinto da. Chega de inadimplência: cobrança e recuperação de valores. 3. ed. Campo Grande: Hedge Corporate, 2013.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.