Os fatores motivacionais no ambiente de trabalho: estudo de caso em uma empresa calçadista no Vale do Paranhana/RS

Fernanda Michele Hencke, Rinaldo Martins Fraga

Resumo


Atualmente as disputas empresariais são cada vez mais acirradas, e os fatores motivacionais aparecem nas organizações de forma estratégica. As empresas e os seus gestores precisam se preocupar com os colaboradores dentro do ambiente organizacional, com a sua satisfação e motivação. Este artigo tem por objetivo analisar os fatores motivacionais e sua contribuição para a satisfação dos trabalhadores do setor produtivo de uma empresa calçadista situada no Vale do Paranhana. Quanto aos procedimentos metodológicos, esta pesquisa caracteriza-se por ser um estudo de caso exploratório e bibliográfico, utilizando-se o método misto (qualitativo e quantitativo). Os dados foram coletados junto aos colaboradores do setor produtivo da empresa, mediante questionário contendo 30 questões. Este estudo constatou que o principal fator interno que motiva os colaboradores do setor produtivo a trabalharem na empresa é o ambiente de trabalho e, o fator externo, a estabilidade. Já o fator que mais desmotiva é a injustiça e o apadrinhamento que ocorre dentro da empresa, o que desentusiasma alguns colaboradores. Os resultados mostraram também que a comunicação entre funcionário e chefe é de fácil acesso, o que motiva os colaboradores. Conclui-se, a partir do estudo, que manter um nível de motivação elevado entre os colaboradores auxilia na qualidade do serviço, no desempenho, e na alta produtividade, sendo que o ambiente de trabalho deve ser um local agradável, satisfatório e motivador para atender os objetivos pessoais dos colaboradores e também da organização.


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS DE CALCADOS - ABICALÇADOS. Exportações de Calçados não decolam no bimestre. 2016. Disponível em:. Acesso em: 03 mar. 2016.

BERGAMINI, Cecilia Whitaker. Motivação nas organizações. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

CHIAVENATO, Idalberto. Gerenciando com as Pessoas: Transformando o executivo em um excelente gestor de pessoas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.

______. Recursos Humanos: O Capital Humano das Organizações. 8. ed. Rio de Janeiro: Atlas, 2008.

COSTA, Daniel. Endomarketing Inteligente.Porto Alegre: Dublinense, 2010.

CRESWELL,John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DEWES, Fernando. Comportamento Organizacional: temas selecionados. Taquara: FACCAT, 2007.

DREHER, Elci, et al., Nossas Raízes II Três coroas. Três Coroas: Gráfica Serafinense, 2008.

DUBRIN, Andrew J., Princípios de Administração. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2001.

______. Recursos Fundamentos do comportamento Organizacional. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006.

GIL, Antônio Carlo. Gestão de Pessoas – Enfoque nos Papéis Profissionais. São Paulo: Atlas, 2007.

LAUFFER, Armindo. Revista Rainha do Paranhana. Três coroas: 1982.

MAXIMIANO, Antônio Cesar Amaru. Introdução a administração. 6. ed rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2004.

RIBEIRO, Antônio de Lima. Gestão de pessoas. São Paulo: Saraiva, 2006.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. 11. ed. São Paulo: Person Prentice Hall, 2005.

SINDICATO DA INDÚSTRIA DE CALÇADOS DE TRÊS COROAS – RS. Informações.Disponível em: . Acesso em: 16 mar. 2016.

______. Circular Informativa - Comparativo do faturamento total das indústrias de Três Coroas. 2015. Três Coroas: Sindicato da Indústria de Calçados de Três Coroas – RS.

SPECTOR, Paul E. Psicologia nas organizações. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2005.

TEJADA, José. Motivação e Liderança como fatores estratégicos de sucesso: você pode fazer a diferença na organização. Caxias do Sul: EDUCS, 2013.

VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de pessoas. São Paulo: Atlas, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.