A GESTÃO DO TEMPO COMO FATOR DE EQUILÍBRIO ENTRE VIDA PESSOAL E PROFISSIONAL

Franciel Luiz Sette, Fabiana ramontin Bonho

Resumo


Este estudo analisa e busca descrever e discutir de que forma a gestão do tempo pode trazer o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Além disso, fez-se um levantamento dos tempos gastos em cada uma das duas áreas da vida, avaliando assim os impactos que podem causar um possível desequilíbrio. Baseado em dados da literatura científica atual, se apresenta o novo cenário do mundo dos negócios e o aumento da competitividade, passando pela definição de uma escala de valores, o que é o tempo e diretrizes de um bom planejamento e gestão do tempo. Cita-se também a existência de uma consciência do desequilíbrio entre as duas áreas e da insatisfação de uma das partes quando atingida. Perdas significantes, tanto na área pessoal/familiar quanto na profissional, podem ser geradas se o assunto não for levado a sério. Notou-se, por parte do autor, que a cada ano que passa as relações com familiares e amigos se tornam mais distantes e que esta “falta de tempo” não está relacionada apenas com o nível profissional que se ocupa, mas sim com a falta de organização e gestão do tempo disponível. Para tais conclusões, bem como comparações da teoria com a prática se realizou uma pesquisa por meio de entrevista semiestruturada com oito gestores de três ramos empresariais diferentes, constatando-se que existe um desequilíbrio e frustrações a nível pessoal por não ter disponibilidade de tempo para se fazer aquilo que gosta.

Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA. Português. Bíblia de Estudo Plenitude. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 2001.

BRANCO, Nadia Sant’ Anna. Vida Pessoal x Vida Profissional: o caminho para o equilíbrio. 2010. 95 f. Monografia (Bacharelado em Administração) - Universidade de Brasília, Departamento de Administração - EaD, Brasília, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2019.

CHANDRA, V. Work-life Balance: easternand western perspectives. The international Journal of Human Resource Manegement, v. 23, n. 5, p 1040-1056, 2012.

CHRISTENSEN; Clayton M.; ALLWORTH, James; DILLON, Karen. Como Avaliar Sua Vida? - Em Busca do Sucesso Pessoal e Profissional. Rio de Janeiro: Atlas, 2012.

COHEN, David. A empresa do novo milênio. Parte integrante da Edição 101 de Exame, 19 nov. 2000.

COVEY, S.R. First Things First – Como definir prioridades em um mundo sem tempo. Rio de Janeiro: Campus, 1994.

_____. Os sete hábitos das pessoas altamente eficazes. 30. ed., Rio de Janeiro:

Best Seller, 2007.

DRUCKER, P. F. O gerente eficaz. 9. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

ÉPOCA NEGÓCIOS. O trabalho está matando as pessoas e ninguém se importa, diz professor de Stanford. 2019. Disponível em: . Acesso em: 05 abr. 2019.

ESTRADA, Rolando J.S, FLORES, Gilberto T., SCHIMITH, Cristiano D. Gestão do Tempo como Apoio ao Planejamento Estratégico Pessoal. Rev. Adm. UFSM, Santa Maria, v. 4, n. 1, p. 315-332, mai./ago. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2019.

FLORES, Gilberto T. Gestão do tempo como contribuição ao planejamento estratégico pessoal. 2011. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Pós-Graduação em administração, área de concentração em Gestão Estratégica, Universidade Federal de Santa Maria, UFSM-RS, Santa Maria, 2011.

FOSTER, M. Até que enfim mais tempo. São Paulo: Fundamento Educacional, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Gestão de pessoas: enfoque nos papéis estratégicos. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2016.

GRASSI, A.M.D.V. NextPim: Sistema de gerência pessoal. 1998. Dissertação (Mestrado em Engenharia Eletrônica e Computação) – Instituto Tecnológico da Aeronáutica-ITA, São José dos Campos, 1998.

GRÜN, Anselm. Vida pessoal e profissional: um desafio espiritual. Rio de Janeiro: Vozes, 2007.

______. Administração espiritual do tempo. Rio Janeiro: Vozes, 2010.

KOLOUSTIAN, S.M. (org.). Família Brasileira, a Base de Tudo. São Paulo: Cortez, 1988.

ORLIKOWLSKY,W.J; YATES,J. It’s about time: Temporal structuring in organizations. Organization Science, v. 13, n. 6, nov./dez., p. 684-700, 2002. Disponível em: . Acesso em: 31 jul. 2019.

PRADO, L. J. Planejamento estratégico pessoal para uma vida melhor! 2010.

RAFFONI, M. Gerenciamento do tempo: concentre nos objetivos, evite distrações, organize seu espaço, delegue com eficiência: soluções práticas para os desafios do trabalho. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

ROBBINS, S. P. Comportamento Organizacional. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

SENNETT, R. A Corrosão do caráter: consequências pessoais de trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2008.

TANURE, B. O desafio de equilibrar resultados de negócio e qualidade de vida. In: BOOG, G.; M. (Org.). Manual de Gestão de Pessoas e Equipes. São Paulo: Gente: 2002.

TOLLE, Eckhart. O Poder do Agora. Um Guia para Iluminação espiritual. Rio de Janeiro. Sextante, 2005.

WAGNER, J. A Arte de Planejar o Tempo. Porto Alegre: Literalis, 2003.

WHITROW, G. J. O que é Tempo?: Uma Visão Clássica Sobre a Natureza do Tempo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.

WONG, simonChak-Keung; KO, Annie. Exploratory study of understanding hotel employees’ perceptiononwork-life balance issues. International Journal of Hospitality Management, v. 28, n. 2, p. 195-203, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.