OS DESAFIOS NA IMPLANTAÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS VINCULADAS A UMA ASSOCIAÇÃO PRIVADA DE PAROBÉ/RS.

Tatiana Ferreira, Tiago Farias Dias

Resumo


Em um cenário tão concorrido atualmente para as empresas, principalmente pela informação à disposição em função da rápida comunicação presente, ter uma vantagem competitiva se torna essencial para as organizações. O presente artigo tem como intenção analisar as causas de algumas empresas não terem sucesso na implantação do planejamento estratégico, mesmo com o auxílio de consultoria empresarial, já que o planejamento fornece inúmeros benefícios as organizações que o aplicam. Para isso, foi realizado o estudo de múltiplos casos, onde foram executadas entrevistas com empresas que passaram por esta situação e com o consultor que as atendeu. Os procedimentos para o desenvolvimento têm como referência a pesquisa exploratória e bibliográfica de caráter qualitativo. Para interpretação das respostas obtidas com as entrevistas, foi utilizado o método de análise de conteúdo. Os resultados encontrados salientam a importância que as pessoas envolvidas com a organização e o seu engajamento, tem na implantação. Além disso, demonstra-se que no início do processo de consultoria o nível de conhecimento que os gestores possuem não abrangem a amplitude do assunto, mostrando-se limitados com seus objetivos. Foi destacado também, que durante a implantação alguns gestores acabam desestimulados pela falta de tempo para a execução e monitoramento dos projetos. Ao se analisar a questão do ponto de vista do consultor, há a dificuldade de receberem as informações corretas por parte das empresas desde o início da consultoria, sendo encontradas divergências depois de um período de trabalho. Entre a relação consultor-empresa, foi constatado que em alguns momentos faltou comunicação entre as partes para ajustar metas já estabelecidas que deixaram de ser prioridades para os gestores. Em contrapartida é notável que a contratação de profissionais capacitados para auxiliar na empresa se baseia na busca de novos conhecimentos e visando o crescimento da organização.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

GARCIA, Volnei Pereira. Desenvolvimento das famílias empresárias. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001.

GOZZI, Marcelo Pupim. Gestão da qualidade em bens e serviços. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

JUNG, Carlos Fernando. Metodologia para pesquisa e desenvolvimento aplicada a novas tecnologias, produtos e processos. Rio de janeiro: Axcel Books do Brasil, 2004.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Metodologia do trabalho cientifico. São Paulo: Atlas, 2009.

MARRAS, Jean Pierre. Gestão de pessoas em empresas inovadoras. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

MINTZBERG, Henry. Ascensão e queda do planejamento estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2004.

MORAIS, Roberto Tadeu Ramos. Planejamento estratégico: um bem ou mal necessário? 2. ed. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 2005.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Empresa familiar: como fortalecer o empreendimento e otimizar o processo sucessório. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

______. Manual de consultoria empresarial: conceitos, metodologia e práticas. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

______. Planejamento estratégico: Conceitos, metodologia e práticas. 28. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

OLIVEIRA, José Eduardo Ferreira de. Fundamentos básicos da qualidade aplicados ao setor industrial e de serviços. Olinda: Livro rápido. 2016.

PASSOS, Édio. et al. Família, família, negócios a parte: como fortalecer laços e desatar nós na empresa familiar. São Paulo: Gente, 2006.

PORTER, Michael E. Competição. Rio de Janeiro: Elsevier. 2009.

RODRIGUES, Renato. Gerenciamento de projetos no dia a dia além do escritório. 3. ed. Ebook Kindle, 2017.

ROSA, José Antônio. Projetos de consultoria organizacional prontos para uso. Projeto 1. Diagnostico da empresa: Passo a passo, como executar um diagnóstico da empresa, da proposta ao plano de ação. São Paulo: JAR.Edições@, 2016.

______. Projetos de consultoria organizacional prontos para uso. Projeto 2. Planejamento estratégico: Passo a passo, como montar um sistema de planejamento para a empresa e ajudar gestores na elaboração do plano. São Paulo: JAR.Edições@, 2016.

SENA, André Pedral Sampaio de. Planejamento estratégico: Como avaliar e controlar. Salvador: EDUFBA, 2013.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS - SEBRAE. Planejamento estratégico: Três ferramentas para auxiliar no planejamento estratégico do negócio. 2018. Disponível em

negocio,c55b6d461ed47510VgnVCM1000004c00210aRCRD?origem=tema&codTe ma=9>. Acesso em: 01 mai. 2018.

SOUZA, Ovanildo Gonçalves de. Consultoria empresarial. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2016.

TEIXEIRA, Gilmar Claret.; COELHO, Rosani. Referenciais de consultoria Sebrae/Consultores conteudistas. Brasília: Sebrae, 2012.

THOMPSON JR.; Artur A.; STRICKLAND III, A. J. Planejamento estratégico: elaboração, implementação e execução. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.

WAGNER III, John A.; HOLLENBECK, John R. Comportamento organizacional: criando vantagem competitiva. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.