A GESTÃO DO MARKETING DE RELACIONAMENTO E SUA INFLUÊNCIA NO PROCESSO DE DECISÃO DE COMPRA CONSIDERANDO UMA MARCA DE CALÇADOS FEMININOS: ESTUDO DE CASO A PARTIR DE UMA INDÚSTRIA DE NOVA HARTZ – RIO GRANDE DO SUL.

Elisângela Luisa da Silva, Gerson Luis Schneider

Resumo


Compreender os consumidores e o processo de consumo acrescenta fundamentos para que o marketing possa estruturar estratégias mercadológicas voltadas a eles. Este artigo apresenta um estudo de caso baseado em uma marca de calçados femininos de uma indústria calçadista de Nova Hartz/RS. O objetivo do estudo é identificar e avaliar o Marketing de Relacionamento desta marca de calçados femininos e sua influência no processo de decisão de compra, a partir de pesquisa bibliográfica e estudo de caso. Quanto ao processo metodológico, esta pesquisa caracteriza-se por um estudo exploratório quali-quantitativo, composto por amostra não probabilística por acessibilidade. Considerou-se como universo as prováveis consumidoras da marca de calçados femininos, em quatro pontos de vendas, nas cidades de Taquara/RS, Rolante/RS e Riozinho/RS. Os instrumentos de pesquisa utilizados foram: um questionário aberto contendo quatro questões descritivas aplicadas à gestora da marca, um questionário fechado contendo dezesseis questões objetivas de múltipla escolha, sendo ambos aplicados às consumidoras da marca, com o propósito de identificar e avaliar níveis de influência por parte desse relacionamento no processo de decisão de compra. Conclui-se, portanto, que a empresa possui Marketing de Relacionamento totalmente voltado para o universo on-line, que caracteriza o público-alvo da marca. Percebeu-se, nas consumidoras, que há índices de influências na sua decisão de compra, apontando satisfação e lealdade, e que, se a empresa utilizar-se de ferramentas de controle de satisfação dos clientes, somando-se a esse modo de gestão, fortalecerá tais relacionamentos.

Texto completo:

PDF

Referências


ADMINISTRADORES.com.br.disponível.em:Acesso em 18 abr. 2018

ASSOCIAÇÃO Americana de Marketing (AMA) Disponível em: Acesso em 08 abr. 2018.

BERG, Ernesto Artur. Manual de Atendimento ao cliente: tudo o que você precisa saber para conquistar e manter clientes./ Ernesto Artur Berg./Curitiba: Juruá, 2013.

CHAMUSCA, Marcello; CARVALHAL, Márcia. Comunicação e Marketing Digitais: conceitos, práticas, métricas e inovações. / Marcello Chamusca e Márcia Carvalhal. [Versão digital] -- Salvador, BA: Edições VNI, 2011.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Vendas: uma abordagem introdutória: transformando o profissional de vendas em um gestor de vendas / Idalberto Chiavenato. 3. Ed. – Barueri, SP : Manoele, 2014.

GIGLIO, Ernesto Michelangelo. O comportamento do consumidor / Ernesto Michelangelo Giglio. – 4. Ed.- São Paulo: Cengage Learning, 2013.

GIL, Antônio C. Como Elaborar projeto de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

IBGE dados último censo (2010) Disponível em: acesso em 26 out. 2018.

IBGE Disponível em: Acesso em 31 jul. 2018.

LAS CASAS, Alexandre Luzi. Marketing: Conceitos, exercícios e casos. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Administração de marketing: conceitos, planejamento e aplicações à realidade brasileira. São Paulo: Atlas, 2015.

LI, Charlene. Fenômenos Sociais nos Negócios: vença em um mundo transformado pelas redes sociais. Rio de Janeiro: [Livro eletrônico] Elsevier, 2009.

LIMA, Agnaldo. Como conquistar, fidelizar e recuperar clientes: gestão do relacionamento. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

MADRUGA, Roberto. Guia de implementação de marketing de relacionamento e CRM/ Roberto Madruga. 2. ed. São Paulo : Atlas, 2010. YAHOO respostas. Disponível em: Acesso em 11 ago. 2018.

KOTLER Phillip; ARMSTRONG Gary. Princípios de Marketing.15. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

NET PROMOTER SCORE Disponível em Acesso em 22 jul 2018.

PESQUISA PCW BRASIL. Redes sociais influenciam decisão de compra de 77%dos brasileiros. Disponível em: Acesso em 22 abr. 2018.

PIZZUTTI, Cristiane; FERNANDES, Daniel. Effect of recovery efforts on consumes trust and loyalty in e-tail: a contingency model. International Journal of Eletronic Commerce, v. 14, n. 4, p. 127-160, 2010.

REICHHELD Frederick F., A pergunta definitiva 2.0: como as pessoas que implementam o net promoter score prosperam em um mundo voltado aos clientes. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

SILVA, Fábio Gomes da; ZAMBON, Marcelo Socorro. Gestão de Relacionamento com cliente (organizadores). 3. ed. São Paulo: Cengage, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.