ELABORAR O DIAGNÓSTICO ORGANIZACIONAL NA OPERADORA DE TURISMO XYZ

Elisandra Teresinha Kalinoski Carvalho, João Carlos Bugs

Resumo


O presente trabalho teve como finalidade elaborar um diagnóstico organizacional na operadora de turismo XYZ, na cidade de Parobé/RS. Este trabalho utilizou-se de pesquisas bibliográficas para a fundamentação teórica e, posteriormente, foi realizada uma pesquisa de campo, na qual foram feitas análises que serviram de base para elaborar o diagnóstico organizacional da empresa em estudo. A presente pesquisa teve como objetivo investigar a proposta de diagnóstico nas áreas de atuação e no processo comercial da organização. O diagnóstico é de extrema importância no aspecto organizacional da empresa, razão pela qual a sua escolha visa identificar problemas enfrentados pela organização e determinar as suas causas, proporcionando, dessa forma, subsídios para um melhor gerenciamento na configuração das soluções. Portanto, o presente trabalho visa contribuir de forma informativa para todos os interessados no assunto, assim como o acompanhamento de todo o processo de elaboração, implantação e monitoramento. Como resultado, ficou claro que fazer um diagnóstico de empresa, em qualquer situação, é um trabalho de imensa responsabilidade, significando sucesso nos custos, entre outros aspectos. Por meio da pesquisa, foi possível identificar alguns dos pontos que precisam ser melhorados para que a empresa possa alcançar seus objetivos. Esses pontos são: qualidade nos ônibus, pouca divulgação da empresa, poucos funcionários, pouca experiência dos funcionários, grande número de concorrentes e baixo número de viagens nacionais e internacionais.

Texto completo:

PDF

Referências


ACERENZA, Miguel A. Administración del turismo: planificación y dirección. 2. ed. México: Trillas, 1987.

AMBRÓSIO, Vicente. Plano de Marketing passo a passo: um roteiro prático para lançar com sucesso produtos, serviços e idéias. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 1999.

ANDION, M. C., FAVA, R. Gestão empresarial. Fae School. Curitiba: Associação Franciscana de Ensino Bom Jesus, 2002.

ANSOFF, H. Igor. A nova estratégica empresarial. São Paulo: Atlas, 1990.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BENI, Mário Carlos. Análise estrutural do Turismo. 2. ed. São Paulo: Senac, 1998.

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Desenvolvimento de recursos humanos: uma estratégia de desenvolvimento organizacional. São Paulo: Atlas, 1990.

BETHLEM, A S. Estratégia Empresarial: conceitos, processos e administração estratégica. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

BULGACOV, Sergio. Manual de gestão empresarial. São Paulo: Atlas, 1999.

CASTRO, L. T.; NEVES, M. F. Administração de Vendas: planejamento, estratégia e gestão. São Paulo: Atlas, 2008.

COBRA, Marcos. Marketing básico: uma abordagem brasileira. São Paulo: Atlas, 1997.

DIAS, Reinaldo. Marketing ambiental: ética, responsabilidade social e competitividade nos negócios. São Paulo: Atlas, 2009.

DESSLER, Gary. Administração de Recursos Humanos. 3. ed. São Paulo: Pearson, 2014.

FAGUNDES, R. A. Matriz Swot do Brasil. 2010. Disponível em:. Acesso em: 24 abr. 2016.

FERNANDES, I. G. M. et al. Planejamento Estratégico: Análise SWOT. Disponível em: . Acesso em: 24 abr. 2016.

FERRACCIÚ, J. de S.S. Marketing promocional: a evolução da promoção de vendas.6. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2008.

FERREL, O.C. et al. Estratégia de marketing. São Paulo: Atlas, 2000. FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.

GALÃO, Fabiano; BERTO, Janaina Vanzo. Fundamentos de marketing. São Paulo: Person Education, 2009.

KOTLER, P. Princípios de Marketing. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

_____. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

KOTLER, Phillip. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. São Paulo: Atlas, 2000.

LAS CASAS, A. L. Marketing: conceitos, exercícios, casos. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

LEMOS, Leandro. Turismo: que negócio é esse? Uma análise da economia do turismo. São Paulo: Papirus, 1999.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de remuneração. 2. ed. São Paulo: Pearson, 2012.

MATTAR, F. N. Pesquisa de Marketing 1. São Paulo: Atlas, 1999.

MASINA, Renato. Turismo Conceitos Básicos. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2002.

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução industrial. 4. ed. São Paulo, 2004.

MCCARTHY, E.J.; PERREAULT JUNIOR, W.D. Marketing essencial: uma abordagem gerencial e global. São Paulo: Atlas, 1997.

MOLINA E., Sergio; RODRIGUES, Sergio. Planejamento integral do turismo: um enfoque para a América Latina. Bauru: EDUSC, 2001.

PORTER, Michael E. Competição: estratégias competitivas essenciais. Tradução de Afonso Celso da Cunha Serra. Rio de Janeiro: Elsevier, 1999.

MINTZBERG, Henry. Safári de estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico. Porto Alegre: Bookman, 2000.

OLIVEIRA, Djalma de P. Rebouças. Sistemas, organização e métodos, uma abordagem gerencial. 4.ed. São Paulo: Atlas, 1991.

PARENTE, J; BARKI, E. Varejo no Brasil: Gestão e Estratégica. São Paulo: Atlas. 2. ed. 2014.

RAMIREZ CAVAZA, Cesar. Gestión Administrativa para empresas turísticas. México: Trillas, 2000.

SERRA, Fernando; TORRES, Maria; TORRES, Alexandre. Administração estratégica: conceitos, roteiro prático, casos. Rio de Janeiro: Reichmann & Affonso, 2004.

SILVEIRA, D. T.; CÓRDOVA, F. P. A Pesquisa Científica. In: GERHARDT, T. E.;

SILVEIRA, D. T. (Orgs). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: UFRGS, 2009,

ULRICH, S. et al. MAPA – Manual de Planejamento e Avaliação de Projetos. Cascais: Principia, 2002.

YIN, Roberto K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookmam. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.